Getam fecha desmanche de carros de luxo em chácara

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O desmanche funcionava num sítio na Rodovia João Bebe Água. Foto: Divulgação/PM
O desmanche funcionava num sítio na Rodovia João Bebe Água. Foto: Divulgação/PM

foto: Divulgação/PM
foto: Divulgação/PM

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 27/12/2017 às 06:58:00

Equipes do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) fecharamna tarde de ontem um desmanche na Rodovia João Bebe Água, em São Cristóvão (Grande Aracaju). Segundo a Polícia Militar, o local foi descoberto por soldados do núcleo de inteligência da unidade e funcionava em uma chácara próxima à Granja Pitanga e era usada para desmanchar carros de luxo. Três veículos de alto padrão foram encontrados, sendo um da marca coreana Ssangyong, outro da americana Cherokee e outro da inglesa Land Rover.

Os policiais apuraram que um dos veículos apresenta restrição de roubo e os outros dois são suspeitos de terem sido clonados. Algumas peças suspeitas de terem sido retiradas de outros veículos foram encontradas no local. Os veículos e as peças foram encaminhados ao Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri), para a realização de perícia. Nenhum suspeito apontado como responsável pelo desmanche foi encontrado. O Depatri vai investigar o caso.

 

Adulterado – Também em São Cristóvão, no Conjunto Eduardo Gomes, a PM prendeu no sábado um suspeito de adulteração de sinal identificador de veículo automotor.Segundo informações do boletim de ocorrência, a equipe policial realizava rondas de rotina pela região, ao perceber a presença policial o suspeito imediatamente jogou a chave do veículo no chão. Um dos agentes de segurança que se encontrava na guarnição visualizou a ação realizando de forma imediata a interceptação do suspeito.

Durante a abordagem foram encontrados com o suspeito dois aparelhos celulares. O homem alegou aos policiais que tinha acabado de comprar um dos aparelhos pelo valor de R$80,00 em uma praça nas imediações. No interior do veículo foram apreendidos um pé-de-cabra, uma ferramenta utilizada para cortar materiais metálicos, além da quantia de R$ 82,00.

Como não portava documento de identificação, o pai do homem compareceu ao local confirmando sua identidade. Em consulta ao chassi, os policiais constataram que a placa do carro era ilegítima ao veículo. Diante dos fatos, o suspeito foi encaminhado à Delegacia Plantonista Sul onde foi autuado em flagrante delito pelo crime de adulteração de sinal identificados de veículo automotor e encontra-se à disposição da justiça.