Assembleia abre 96 vagas em seu primeiro concurso público

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/01/2018 às 06:48:00

Milton Alves Júnior

 

Com a publicação do editaldo concurso público da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), estabelecimentos de ensino acreditam que já a partir da próxima segunda-feira, 15, a procura por vagas apresente aumento considerável se comparado ao mesmo período do ano passado. Com 96 vagas, a Alese oferece salário de R$3.164,48 ofertado aos profissionais com graduação, e de R$2.103,36 para nível médio,além e benefícios como auxílio alimento e saúde, são atributos que devem atrair centenas de candidatos de todo o país.

Conforme previsto no edital, serão cinco vagas para apoio jurídico, dez para analista legislativo, dois profissionais de administração, um de arquitetura, um de arquivologia, dois de assistência social, um de biblioteconomia, dois de contabilidade, um de economia, um de enfermagem, um de engenharia civil, cinco de jornalismo, dois de medicina, três de odontologia e um de psicologia. Somam a esse número mais 40 vagas destinadas para apoio técnico-administrativo e 14 de taquigrafia. Coordenadas pela Fundação Carlos Chagas, as provas serão compostas por questões objetivas e discursivas, e serão aplicadas no dia 22 de abril, em Aracaju.

Para se tornar candidato apto ao pleito, o cidadão deve acessar o portal da Fundação entre os dias 18 de janeiro e 27 de fevereiro, e realizar o pagamento da taxa de inscrição que é de R$ 105 para vagas do nível superior, e R$ 85 para nível médio. No dia 22 a aplicação das provas será realizada da seguinte maneira: aqueles que pleiteiam vagas de nível médio prestam exame pela manhã; os de nível superior, pela tarde. De acordo com Valfredo Gomes, professor e sócio de um cursinho, novas turmas devem ser formadas até o próximo dia 20, e os reforços dos conteúdos devem ser iniciados ainda no final deste mês. A meta é promover estudos intensivos aos que desejam conquistar êxito no concurso.

"Antes mesmo de o edital ter sido publicado no Diário, muita gente já estava entrando em contacto com a gente em busca de vagas. Com a oficialização do concurso, é previsto aumento ainda maior a partir de segunda. O concurso realmente é atraente pelo conjunto da obra, enche os olhos de muitos sergipanos e profissionais que atualmente residem em outros estados. Estamos prontos para atender a demanda", declarou. Compartilhando com o docente, Paulo Souza, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (Sindijor), enalteceu a oportunidade também diante da categoria. Para o comunicador, hoje Sergipe atrai profissionais de vários estados.

"É preciso que os nossos companheiros jornalistas, diplomados - é bom que se frise, estejam preparados para disputar uma das vagas. Depois de muito diálogo conseguimos esse feito histórico para a nossa profissão. Há pelo menos dois anos não se vê concurso para jornalistas no país, e, agora, a Alese abre as portas para recepcionar cinco colegas graduados", avaliou. Esse é o primeiro concurso destinado à categoria em Sergipe desde a criação da Constituição Federal de 1986. A divulgação do gabarito será feita pela Fundação Carlos Chagas e está programada para o dia 23 de abril.