Reitor da Unit quer paz e segurança nos estádios

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O reitor Joubert Uchoa conta com o apoio dos desportistas para a campanha pela de paz nos estádios de futebol. foto: Divulgação
O reitor Joubert Uchoa conta com o apoio dos desportistas para a campanha pela de paz nos estádios de futebol. foto: Divulgação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 24/01/2018 às 06:38:00

Pela segunda vez, o reitor da Universidade Tiradentes, Joubert Uchoa de Mendonça, reúne autoridades e dirigentes esportivos para discutir e promover uma política de paz e segurança nos estádios de futebol sergipano, principalmente na Arena Batistão, entre as torcidas de Sergipe e Confiança.

Na tarde desta terça-feira, oele reuniu no auditório da UNIT dirigentes esportivos, representantes da PM, representantes de torcida organizadamente e imprensa esportiva para lançamento de uma política de paz e segurança nos estádios.

Saudosista, Uchoa lembrou do tempo de estádios cheios, torcidas apenas vibrando e torcendo por suas equipes sem violência, fazendo do futebol uma festa Bonita de cores e alegria. “Precisamos ver os estádios cheios novamente. As torcidas unidas torcendo por seus times abominando a violência. Devemos servir como exemplo para o Brasil. Essa campanha deve ganhar o apoio da imprensa, para que Sergipe seja conhecido como o estado que acabou com a violência nos estádios de futebol, disse o dirigente.

Falaram ainda em apoio a campanha o presidente da Federação sergipana de Futebol (FSF) Milton Dantas, o conselheiro do Sergipe Reinaldo Moura, o presidente do Confiança Hyago França, o radialista Carlos Batalha e o presidente da ACDS Adel Ribeiro. Todos foram unânimes em aderir a campanha lançada por Joubert Uchoa.

 O comandante da PM, Marconi Cabral, disse que a corporação está engajada na campanha e imbuída desse processo de lutar pela paz nos estádios de futebol.

Na oportunidade foram apresentadas algumas propostas, como união das torcidas em um grande clássico Sergipe e Confiança. A logística seria um torcedor do Sergipe, que tenha um amigo torcedor do Confiança convidar esse amigo para assistir ao clássico Sergipe e Confiança na torcida do Sergipe, o mesmo acontecendo com o torcedor do Confiança.