Governador participa como patrono da formatura da primeira turma de Odontologia do campus de Lagarto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O governador com formandos de Odontologia do Campus da Saúde de Lagarto. Foto: Marcelle Cristinne/ASN
O governador com formandos de Odontologia do Campus da Saúde de Lagarto. Foto: Marcelle Cristinne/ASN

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 25/01/2018 às 06:08:00

O governador Jackson Barreto acompanhou na noite desta terça-feira (23), a solenidade de colação de grau da primeira turma de Odontologia da Universidade Federal de Sergipe (UFS) em Lagarto. Jackson foi escolhido patrono da turma, denominada "Veteranos de todos, calouros de ninguém". A cerimônia aconteceu no Centro de Vivência do Campus Universitário Professor Antônio Garcia Filho.

O governador compôs a mesa diretora da solenidade ao lado do reitor da UFS, professor Ângelo Antonioli, e da diretora do Campus, professora Adriana Andrade Carvalho, entre outras autoridades. O juramento da turma foi proferido pela formanda Renata Alves, enquanto o requerimento de grau foi feito pela formanda Fernanda Fontes.

Segundo o governador, a conclusão do curso pela primeira turma de Odontologia do Campus da Saúde representa uma vitória para os trabalhadores do interior sergipano. “Hoje é um dia de glória para os formandos e também para os familiares. Quando estive com a comissão de formatura, me foi despertada a sensação de dever cumprido de todos que fizemos este campus, em especial o saudoso governador Marcelo Déda. O que estamos colhendo agora são os frutos. A grande maioria dos formandos é filha do interior do estado. Aí é que meu coração se abriu, porque percebi que a universidade está dentro do seu compromisso de priorizar a educação e de dar oportunidade aos filhos do povo, dos pequenos produtores e trabalhadores. Nossa universidade está cumprindo o seu papel”, disse.

“Para a criação do Campus da Saúde em Lagarto, dei minha contribuição ao lado de Marcelo Déda desde a criação da Escola Abelardo Romero, quando aquele prédio foi reformado para receber os alunos do primeiro momento. Dos oito cursos, seis ali se instalaram. Depois chegaram os alunos de Medicina e os bravos companheiros de Odontologia que hoje se formam”, completou o governador.

A oradora da turma e representante do Centro Acadêmico de Odontologia, Rose Kelly Farias, destacou a alegria de concluir mais uma etapa de sua vida. “Alguns dos que se formam aqui hoje continuarão do mesmo lado e alguns tomarão outros rumos. Mas todos continuam com o mesmo propósito: cuidar da janela da alma, que é o sorriso, o símbolo da felicidade. Nada mais prazeroso do que proporcionar alegria a alguém. Que este fim simbolize o início de uma nova fase de realizações”, desejou.

Para o reitor Ângelo Antonioli, a formatura da primeira turma de Odontologia de Lagarto é um símbolo de conquista para a UFS e para todo o estado. “O Reuni foi, sem dúvida, o maior movimento do Ensino Superior público brasileiro. Ele conseguiu fazer duplicar o número de oportunidades aos jovens deste País. O que estamos comemorando hoje é fruto do Reuni. Pela primeira vez se discutiu a interiorização das universidades no Brasil. Junto com Marcelo Déda, seu antecessor, o governador Jackson Barreto trabalhou para que isso fosse possível. Nós que fazemos a UFS agradecemos muito a ele. Se há alguns anos dissessem que teríamos um curso público de Odontologia no interior de Sergipe, diriam que éramos loucos, mas hoje estamos aqui. As adversidades ainda são muitas, mas a disposição de lutar é muito grande”, pontuou.