Empresa instalada no SergipeTec é única sergipana classificada em Edital do BNB

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/01/2018 às 06:01:00

A Acone – assessoria e consultoria, empresa instalada no Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec), foi selecionada no Edital Fundeci 02/2017 – Produtividade e Competitividade, do Banco do Nordeste (BNB). Específicos a Inovações Tecnológicas e Organizacionais para Incremento da Produtividade e Competitividade nos Setores Produtivos, o Edital visa fomentar, com recursos não reembolsáveis, projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), por meio de convênios com instituições públicas e privadas, sem fins lucrativos.

Há 17 anos no mercado, a Acone atua na governança do Sistema Único de Saúde (SUS) na capital e no interior de Sergipe. De acordo com José Roberto Oliveira, sócio-administrador da empresa, a proposta é oferecer aos estados e municípios, de todos o país, ferramentas de gestão e de desenvolvimento de planos de saúde.

“A execução do nosso trabalho é sempre baseada em evidências, com o intuito de orientar as políticas e ações de saúde, dando aos gerentes das unidades públicas de saúde [unidades básicas, diagnósticas ou hospitais, na capital e em 18 municípios sergipanos], a autonomia e liberdade suficientes e necessárias para planejar e ofertar serviços, definir seus orçamentos e realocar recursos ou gerenciar insumos. Sobre a nossa participação nesse Edital Fundeci 02/2017 – Produtividade e Competitividade, do BNB, foi uma conquista muito feliz! Já é o nosso terceiro projeto de Inovação, nos últimos seis anos! E esse teve um ‘sabor’ ainda mais especial, por sermos a única empresa classificada em Sergipe. Isso reforça o nosso compromisso, empenho e dedicação, em termos empresariais e sociais. Vale ressaltar que nós obtivemos conhecimento dessa modalidade de projeto mediante o nosso convívio no SergipeTec, que tem uma participação fundamental no desenvolvimento e ampliação dos nossos negócios, orientando-nos a novos horizontes e mercados”, destaca Beto.

De acordo com o gestor de Negócios do SergipeTec, Marcelo Dósea, um dos vários papeis do Parque Tecnológico é criar, desenvolver e fortalecer a rede contatos e de ideias entre as empresas de base tecnológicas, instaladas no Parque e instituições de fomento e desenvolvimento de projetos (de produtos e serviços).