Confiança ainda continua sem vencer

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Lagarto e Confiança fizeram um bom jogo na tarde deste sábado  no Estádio Paulo Barreto, em Lagarto, mas não saíram do empate em 0x0. Foto: Divulgação
Lagarto e Confiança fizeram um bom jogo na tarde deste sábado no Estádio Paulo Barreto, em Lagarto, mas não saíram do empate em 0x0. Foto: Divulgação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/01/2018 às 06:56:00

A cada dia o Confiança se complica no certame estadual. O time continua sem vencer na competição. Está na oitava colocação e a depender dos resultados dos jogos deste domingo, pode dormir na zona de rebaixamento. No jogo da tarde deste sábado no Barretão, Lagarto e Confiança não saíram do 0x0.

Com o empate no Paulo Barreto, o Lagarto chega a cinco pontos, continua na sexta colocação, mas pode perder a posição no complemento da rodada. O Confiança continua sem vencer na temporada, vai a três pontos e continua na oitava posição. O próximo jogo do Confiança é pela Copa do Nordeste, vai visitar o CRB, no Rei Pelé na próxima quinta-feira. Pelo estadual joga no domingo 4, contra a Socorrense no Lelezão. O Lagarto enfrenta o Boca Junior, no Francão em Estancia.

O Jogo – As duas equipes entraram em campo pressionadas pelos últimos resultados. O Confiança com o objetivo de marcar a primeira vitória e melhorar a classificação. O Lagarto jogando em casa, queria se recuperar do empate com o Olímpico, que provocou a queda do treinador Gabriel Lisboa.

O Lagarto partiu para o ataque no início do jogo, mas esbarrou nas boas defesas do goleiro Genivaldo. O Confiança respondia, mas errava nas finalizações, com o goleiro Camilo também mostrando serviço. Assim, o empate em 0x0 foi o resultado do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Lagarto foi absoluto. Os proletários demonstravam sinais de cansaço e o Lagarto foi crescendo em campo. O goleiro Genivaldo trabalhou mais na fase final, com quatro defesas difíceis nos chutes de Josy e Rodrigo Dantas. O Confiança chegou com Frontini, Raí, Rafael Villa, mas a pontaria não estava em dia e o placar sem gols persistiu até o final.

Claudionor dos Santos Junior foi o árbitro da partida com excelente trabalho. Thiago Emanuel Reis e Rodrigo Guimarães foram os assistentes. O público pagante de 839 torcedores proporcionou a arrecadação de R$ 16.780,00.