Prefeitura firma parceria com o TJ/SE para uso de fibra ótica

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 30/01/2018 às 06:23:00

A Prefeitura de Aracaju firmou, na manhã desta segunda-feira, um convênio com o Tribunal de Justiça de Sergipe, para compartilhamento de fibra ótica. O prefeito Edvaldo Nogueira e o presidente do TJ, desembargador Cesário Siqueira Neto, assinaram um termo de parceria que representa o mais importante passo, dado até o momento, para concretização do projeto de Cidade Inteligente, iniciativa prioritária da atual gestão.

Com este convênio, a prefeitura passa a utilizar, de forma compartilhada, a rede de fibra ótica do TJ, em ações nas áreas de Educação, como a matrícula online; Saúde, na implantação do Prontuário Eletrônico; na Defesa Social, com a instalação de câmeras de segurança, e nas áreas de Tecnologia, Ciência e Inovação.

“Este é um convênio muito importante, porque o TJ tem uma fibra ótica que circunda grande parte do município, uma rede que vai transmitir dados e ajudar Aracaju a se colocar no projeto de cidades inteligentes. Esse convênio permitirá que nós usemos essa rede de fibra ótica do TJ, levando para as escolas melhorias na internet; levando para a segurança pública também a possibilidade de instalação de câmeras, entre outras medidas. Este convênio é o alicerce do nosso projeto de cidades inteligentes”, afirmou o prefeito.

De mesmo modo, o presidente do TJ ressaltou a importância do convênio, ressaltando a melhoria que proporcionará para o sistema de dados da administração municipal. “Este é um acordo importantíssimo, tanto para o Poder Judiciário, quanto para o município, já que, a exemplo das parcerias feitas com outros órgãos, vai possibilitar que Aracaju possa melhorar o alcance do seu sistema de transmissão de dados. O nosso objetivo é, cada vez mais, estender, com mais parceiros, de forma que a gente possa introduzir e melhorar a tecnologia, e estendê-la não só aqui, na Grande Aracaju, como hoje nós já temos, mas expandindo isso para outros municípios do Estado”, destacou.

Para Edvaldo, a parceria construída entre prefeitura e Poder Judiciário resulta em maior eficiência na prestação dos serviços públicos para os aracajuanos. “É uma inovação. É preciso que o Poder Público – Judiciário, Executivo e Legislativo – e todos os parceiros possam se unir cada vez mais. É essa somação de esforços que vai garantir uma maior eficiência, eficácia, efetividade e, acima de tudo, uso racional dos recursos”, reforçou.

Pelo termo, o TJ fica responsável pela manutenção preventiva e corretiva da rede de fibra ótica, enquanto a prefeitura terá como obrigações arcar com os custos de instalação da expansão da fibra nos equipamentos da administração municipal e sua conseqüente manutenção, além de disponibilizar um canal de comunicação entre o tribunal e os servidores municipais via correio eletrônico.