Acusado de arrombar carro é preso em perseguição na 13

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/02/2018 às 10:52:00

Um homem monitorado com tornozeleira eletrônica foi preso em flagrante no final da manhã de ontem, após uma perseguição policial que impressionou quem passava pela zona sul da capital. Segundo a Polícia Militar, o ex-detentoMarques Antônio do Nascimento, o 'max', 53 anos, foi flagrado levando pertences dentro de um carro no bairro Coroa do Meio e fugiu pelas ruas de alguns bairros, até ser interceptado em plena Rotatória do Caju, na Avenida Beira-Mar, Bairro 13 de Julho.
O suspeito foi detido com vários objetos e pertences de vítimas, como roupas, bolsas e notebooks, e já vinha sendo investigados por outros assaltos na região. O ex-presidiário dirigia uma VW Saveiro que tinha a placa adulterada, referente a um ciclomotor. Testemunhas afirmam que ele guiava o carro em alta velocidade para fugir das equipes da PM e teria trocado tiros com os soldados na Avenida Jorge Amado, no Garcia. A parada do veículo só teria acontecido depois que o Saveiro foi fechado por outros carros.  
Segundo o major Jorge Cirilo, da Polícia Militar, diz que muitos moradores dos bairros Coroa do Meio e Atalaiajá o denunciavam por furtos e arrombamentos a veículos praticados na porta de cursinhos preparatórios, tendo já recebido uma condenação pelos mesmos crimes. "Nós recebemos algumas denúncias de que o Marques havia cometido mais delitos. No dia de hoje, ele tentou novamente e estando com tornozeleira. É um cidadão contumaz, que vem cometendo esse tipo de delito na região da Atalaia e da Coroa do Meio, principalmente nas faculdades e colégios", explicou.
Marques foi levado para a 1ª Delegacia Metropolitana (1ª DM), no Leite Neto, onde algumas vítimas compareceram na manhã de ontem e até recuperaram alguns pertences. Ele foi autuado em flagrante e deve ser transferido de volta para o sistema prisional.

Dupla - Dois homens foram presos anteontem em frente ao campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS), no Rosa Elze, em São Cristóvão, acusados de roubo a carro. De acordo com a vítima, a dupla teria realizado a ação criminosa no Siqueira Campos.A dona do veículo conta, em boletim de ocorrência, que estava estacionado em frente a casa da sogra quando os homens chegaram e anunciaram o assalto. Um deles ameaçou o motorista com um revólver e mandou que saísse do carro. Logo após, entraram no carro e fugiram do local.
Com a ajuda de outra pessoa que estava na rua, a vítima seguiu os bandidos. No caminho, encontrou policiais da Força Nacional e denunciou o assalto. Em perseguição, os militares conseguiram localizar o carro e os dois suspeitos em frente à UFS. A vítima reconheceu os acusados e eles foram presos em flagrante e levados à Delegacia Plantonista Sul.