Ailton Silva não é mais técnico do Dragão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A derrota para o Sergipe foi o último ato do treinador Ailton Silva à frente do Confiança. No final do jogo questionou a arbitragem
A derrota para o Sergipe foi o último ato do treinador Ailton Silva à frente do Confiança. No final do jogo questionou a arbitragem

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/02/2018 às 02:22:00

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br

O técnico Ailton Sil-va não responde mais pelo comando do time proletário. Na manhã desta segunda-feira 19, depois de uma reunião com a diretoria do Confiança as partes chegaram a um acordo e o treinador foi demitido. A derrota para o Sergipe no clássico de domingo foi o estopim para decisão da diretoria.
A comunicação foi feita através de uma nora oficial divulgada pela assessoria do clube no seguinte teor: "A diretoria da Associação Desportiva Confiança, informa que o técnico Ailton Silva não comanda mais a equipe. Após reunião na manhã desta segunda-feira, foi acertada a rescisão do treinador em comum acordo com o clube.
O Confiança agradece os serviços prestados pelo excelente profissional desde o ano passado e deseja boa sorte e sucesso em seus objetivos futuros".

Nesse momento o passado não vale. É passado mesmo e o que vale é o presente. O treinador salvou time do rebaixamento na Série C do ano passado, colocou o time nas quartas de final do Brasileiro da Série C.,mas este ano não conseguiu bom desempenho. O time está na iminência de não se classificar entre os seis finalistas no certame estadual, foi eliminado na Copado Nordeste e está mal colocado no Grupo A da Copa do Nordeste. Com esse retrospecto em 2018,Ailton Silva perdeu o cargo.
O nome do novo comandante azulino deve ser anunciado ainda esta semana. Mas o treinador da equipe sub 19 Edmilson Santos, assume interinamente o comando da equipe e dirige o time na partida de quinta-feira contra o Treze-PB.

O treinador Ailton Silva diz que deixa o comando do Confiança de cabeça erguida. E não faltou trabalho para o time conquistar a reabilitação. "Infelizmente diz o treinador, não deu certo".
- Infelizmente as coisas não se encaixaram dentro do que a gente queria que encaixasse. Trabalho não faltou, a gente se dedicou todos os dias a treinos, a jogos, sempre tentando fazer de tudo, mas infelizmente o futebol é assim, às vezes não dá certo. No ano passado eu cheguei em uma situação difícil e deu certo. Infelizmente neste ano não deu certo. O futebol, a gente que está no meio já sabe que podem acontecer os altos e baixos, mas eu saio com a cabeça tranquila que fiz o melhor. Peço desculpas e até agradeço ao torcedor do Confiança, que desde o começo da minha vinda acreditava no trabalho e a gente acabou não conseguindo dar essa alegria a eles, se desculpou o treinador.

Ailton Silva chegou ao clube no dia 1º de agosto do ano passado em um momento bastante delicado, com o time correndo sério risco de rebaixamento na Série C. O treinador conseguiu uma arrancada incrível, livrou o clube da degola e ainda quase conseguiu o acesso. Mas em 2018 as coisas definitivamente não funcionaram.
- Fico chateado de não conseguir terminar o trabalho. Isso me chateia, mas a vida tem que seguir para o clube, segue para mim também. Então fica aqui meu agradecimento a todos. Quevenha outro profissional para dar as vitórias que o clube precisa. Tenho muita certeza de que o clube vai se classificar entre os seis e depois vai fazer um grande hexagonal e tem tudo para ir para a final. Quem sabe um dia, eu possa voltar em um momento diferente, as coisas se encaixem. Mesmo de longe torcerei para que tudo dê certo para o clube, declarou Ailton Silva.