Governo celebra 183 anos da Polícia Militar de Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Aspecto da festa de aniversário da Polícia Militar
Aspecto da festa de aniversário da Polícia Militar

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 08/03/2018 às 22:01:00

 

A Polícia Militar de Sergipe (PMSE) completou 183 anos de Corporação e para celebrar a data, o governo de Sergipe realizou, na noite desta quarta-feira (07), solenidade de Formatura da Tropa com outorga de medalhas. Em uma cerimônia marcada por muitas homenagens, o governador Jackson Barreto entregou medalhas de Ouro por tempo de serviço a militares e medalhas do Mérito Policial Militar a militares e civis. Na ocasião, Jackson recebeu placas pela lealdade, esforço e sensibilidade no trato com a Corporação, assim como pelas conquistas históricas obtidas pela categoria, como o PTS, o subsídio, a presunção de inocência dos oficiais e praças na promoção, o auxílio para aquisição de uniformes e o código de ética da instituição. O governador, ao lado do vice-governador Belivaldo Chagas, informou, também, a publicação do edital do Concurso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros para o dia 25 de março. 
O governador anunciou que, até o dia 25 de março, será anunciado os novos editais para os Concursos Públicos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. "Sabemos perfeitamente que, a cada ano, a Polícia vai fazendo reformas de militares e cada vez mais precisa melhorar o efetivo, porque estamos com números abaixo das necessidades do estado e da segurança. O concurso também é o reconhecimento do efetivo que a Polícia Militar precisa", informou.
Agradecido com avanços obtidos pela Instituição, o comandante da Polícia Militar de Sergipe, coronel Marcony Cabral, garantiu que a Corporação irá se empenhar cada vez mais para manter os bons serviços prestados à sociedade. "São 183 de uma Corporação que é patrimônio do povo sergipano e que, ao longo de quase dois séculos, se concretizou como uma Instituição presente em todos os locais, todos os municípios  de Sergipe, prestando serviços que fossem necessários ao atendimento da população. Então, é um de festa para todos nós e no momento em que a Polícia Militar passa por grandes avanços no governo Jackson Barreto, porque tínhamos várias demandas que foram atendidas. Agora é continuarmos honrando esse compromisso com aqueles que construíram a Polícia Militar, desde a sua origem até os dias de hoje", frisou .
Homenagem  - Na oportunidade, o governador foi surpreendido com uma placa em homenagem à sua lealdade, esforço e sensibilidade como gestor. A placa foi entregue pelo comandante Geral da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral.
Para o governador, a homenagem simboliza o reconhecimento pelo esforço em garantir os direitos tão almejados pela categoria.  "A homenagem foi gratificante. Foi um reconhecimento que vou guardar no fundo do meu coração, porque, afinal de contas, eu tenho consciência plena, sem nenhuma falsa modéstia, de entender que somos um governo que marcamos muito nossa presença atendendo aos pleitos e as reivindicações da Polícia Militar. E essas conquistas da Polícia Militar transformaram em realidade os sonhos de muitos militantes. Entre elas, o PTS, a questão do Apostilmento, a questão do uniforme, subsídios, a presunção da inocência, o código de ética da polícia, que era da época da ditadura militar e que nos reformamos e atualizamos em respeito ao militar. Enfim, foram conquistas que vão ficar registradas na história da Polícia Militar e eu tive a oportunidade de ser o portador desses sonhos e transformá-los em realidade", agradeceu.

A Polícia Militar de Sergipe (PMSE) completou 183 anos de Corporação e para celebrar a data, o governo de Sergipe realizou, na noite desta quarta-feira (07), solenidade de Formatura da Tropa com outorga de medalhas. Em uma cerimônia marcada por muitas homenagens, o governador Jackson Barreto entregou medalhas de Ouro por tempo de serviço a militares e medalhas do Mérito Policial Militar a militares e civis. Na ocasião, Jackson recebeu placas pela lealdade, esforço e sensibilidade no trato com a Corporação, assim como pelas conquistas históricas obtidas pela categoria, como o PTS, o subsídio, a presunção de inocência dos oficiais e praças na promoção, o auxílio para aquisição de uniformes e o código de ética da instituição. O governador, ao lado do vice-governador Belivaldo Chagas, informou, também, a publicação do edital do Concurso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros para o dia 25 de março. 
O governador anunciou que, até o dia 25 de março, será anunciado os novos editais para os Concursos Públicos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. "Sabemos perfeitamente que, a cada ano, a Polícia vai fazendo reformas de militares e cada vez mais precisa melhorar o efetivo, porque estamos com números abaixo das necessidades do estado e da segurança. O concurso também é o reconhecimento do efetivo que a Polícia Militar precisa", informou.
Agradecido com avanços obtidos pela Instituição, o comandante da Polícia Militar de Sergipe, coronel Marcony Cabral, garantiu que a Corporação irá se empenhar cada vez mais para manter os bons serviços prestados à sociedade. "São 183 de uma Corporação que é patrimônio do povo sergipano e que, ao longo de quase dois séculos, se concretizou como uma Instituição presente em todos os locais, todos os municípios  de Sergipe, prestando serviços que fossem necessários ao atendimento da população. Então, é um de festa para todos nós e no momento em que a Polícia Militar passa por grandes avanços no governo Jackson Barreto, porque tínhamos várias demandas que foram atendidas. Agora é continuarmos honrando esse compromisso com aqueles que construíram a Polícia Militar, desde a sua origem até os dias de hoje", frisou .
Homenagem  - Na oportunidade, o governador foi surpreendido com uma placa em homenagem à sua lealdade, esforço e sensibilidade como gestor. A placa foi entregue pelo comandante Geral da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral.
Para o governador, a homenagem simboliza o reconhecimento pelo esforço em garantir os direitos tão almejados pela categoria.  "A homenagem foi gratificante. Foi um reconhecimento que vou guardar no fundo do meu coração, porque, afinal de contas, eu tenho consciência plena, sem nenhuma falsa modéstia, de entender que somos um governo que marcamos muito nossa presença atendendo aos pleitos e as reivindicações da Polícia Militar. E essas conquistas da Polícia Militar transformaram em realidade os sonhos de muitos militantes. Entre elas, o PTS, a questão do Apostilmento, a questão do uniforme, subsídios, a presunção da inocência, o código de ética da polícia, que era da época da ditadura militar e que nos reformamos e atualizamos em respeito ao militar. Enfim, foram conquistas que vão ficar registradas na história da Polícia Militar e eu tive a oportunidade de ser o portador desses sonhos e transformá-los em realidade", agradeceu.