Procuradoria Especial da Mulher é instalada na Assembleia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Aspecto da instalação da Procuradoria Especial da Mulher na Alese
Aspecto da instalação da Procuradoria Especial da Mulher na Alese

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 08/03/2018 às 22:05:00

 

Dentro das come-
morações do 8 de 
Março, Dia Internacional da Mulher, a Assembleia Legislativa de Sergipe, através do seu presidente e deputado Luciano Bispo (MDB), instalou na manhã dessa quinta-feira, no plenário da Casa, a Procuradoria Especial da Mulher, designando a deputada Goretti Reis (MDB) para a função e a deputada Ana Lúcia (PT) para o posto de procuradora adjunta.
Ao fazer o anúncio, Luciano Bispo disse que a Procuradoria tem a finalidade de promover mais efetiva participação e a defesa dos direitos das mulheres. "Órgãos idênticos já existem e funcionam em outros Poderes Legislativos, inclusive no âmbito do Senado Federal, da Câmara dos Deputados e de outras Assembleias"
Em seguida, o presidente disse que Procuradoria Especial desenvolverá discussões que visem à promoção da igualdade de gênero, e participará do planejamento e fiscalização de ações de prevenção e combate à violência contra a mulher, articulando-se com órgãos congêneres e com os órgãos de segurança, quando necessário.
"Temos tido conhecimento da escalada da violência contra a Mulher no País. Nossa sociedade não admite esse tipo de situação e a classe política também não admite. Todos nós temos o dever de repudiar firmemente qualquer tipo de violência, inclusive aquela praticada contra a Mulher justamente por sua condição de Mulher", disse Luciano Bispo, desejando sorte na implantação e na condução.
A deputada Goretti Reis agradeceu a confiança do presidente pela indicação e disse que pretende empreender o melhor na Procuradoria e conta com o apoio dos demais colegas de parlamento. "A proposta é de fazer a interlocução com os órgãos e demais poderes para que a gente, efetivamente, consiga melhorar as políticas públicas de atendimento à mulher. Isso é muito importante para a gente poder fiscalizar, acompanhar e até modificar alguma legislação para que a gente possa avançar".
"Fico muito feliz e conto com a parceria da deputada estadual Ana Lúcia. Não tenho dúvidas que a deputada Maria Mendonça (PP) também se somará nesta luta, que tem sido uma grande parceira na Frente Parlamentar, como também o deputado Georgeo Passos (PTC), para que a gente continue buscando melhorar as ações e atividades de atenção à mulher", completou a Procuradora Especial, Goretti Reis.
Por sua vez, a deputada estadual Ana Lúcia falou do desafio de atuar como Procuradora Adjunta e da iniciativa da Alese de instalar a Procuradoria. "É muito importante, a Bahia já a tem há alguns anos porque prioriza os projetos de lei que favorecem a promoção e proteção da mulher, num quadro de muita violência doméstica contra a mulher, principalmente as mais jovens e negras. Vamos intensificar mais as políticas públicas e vamos tornar a Alese ainda mais atuante com relação a esta bandeira da liberdade, da autonomia e da emancipação feminina".

Dentro das come- morações do 8 de  Março, Dia Internacional da Mulher, a Assembleia Legislativa de Sergipe, através do seu presidente e deputado Luciano Bispo (MDB), instalou na manhã dessa quinta-feira, no plenário da Casa, a Procuradoria Especial da Mulher, designando a deputada Goretti Reis (MDB) para a função e a deputada Ana Lúcia (PT) para o posto de procuradora adjunta.
Ao fazer o anúncio, Luciano Bispo disse que a Procuradoria tem a finalidade de promover mais efetiva participação e a defesa dos direitos das mulheres. "Órgãos idênticos já existem e funcionam em outros Poderes Legislativos, inclusive no âmbito do Senado Federal, da Câmara dos Deputados e de outras Assembleias"
Em seguida, o presidente disse que Procuradoria Especial desenvolverá discussões que visem à promoção da igualdade de gênero, e participará do planejamento e fiscalização de ações de prevenção e combate à violência contra a mulher, articulando-se com órgãos congêneres e com os órgãos de segurança, quando necessário.
"Temos tido conhecimento da escalada da violência contra a Mulher no País. Nossa sociedade não admite esse tipo de situação e a classe política também não admite. Todos nós temos o dever de repudiar firmemente qualquer tipo de violência, inclusive aquela praticada contra a Mulher justamente por sua condição de Mulher", disse Luciano Bispo, desejando sorte na implantação e na condução.
A deputada Goretti Reis agradeceu a confiança do presidente pela indicação e disse que pretende empreender o melhor na Procuradoria e conta com o apoio dos demais colegas de parlamento. "A proposta é de fazer a interlocução com os órgãos e demais poderes para que a gente, efetivamente, consiga melhorar as políticas públicas de atendimento à mulher. Isso é muito importante para a gente poder fiscalizar, acompanhar e até modificar alguma legislação para que a gente possa avançar".
"Fico muito feliz e conto com a parceria da deputada estadual Ana Lúcia. Não tenho dúvidas que a deputada Maria Mendonça (PP) também se somará nesta luta, que tem sido uma grande parceira na Frente Parlamentar, como também o deputado Georgeo Passos (PTC), para que a gente continue buscando melhorar as ações e atividades de atenção à mulher", completou a Procuradora Especial, Goretti Reis.
Por sua vez, a deputada estadual Ana Lúcia falou do desafio de atuar como Procuradora Adjunta e da iniciativa da Alese de instalar a Procuradoria. "É muito importante, a Bahia já a tem há alguns anos porque prioriza os projetos de lei que favorecem a promoção e proteção da mulher, num quadro de muita violência doméstica contra a mulher, principalmente as mais jovens e negras. Vamos intensificar mais as políticas públicas e vamos tornar a Alese ainda mais atuante com relação a esta bandeira da liberdade, da autonomia e da emancipação feminina".