Sergipe quer reabilitação contra o Boca Junior

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Sergipe iniciou os preparativos para enfrentar o Boca Junior domingo no Francão. Ramalho participou do treino e está confiante na reabilitação
Sergipe iniciou os preparativos para enfrentar o Boca Junior domingo no Francão. Ramalho participou do treino e está confiante na reabilitação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 09/03/2018 às 22:34:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
O empate em 1x1 
com o Olímpico 
não estava nos planos do Sergipe. Mesmo reconhecendo que iriam enfrentar um adversário de respeito, uma grande equipe, que está invicta há 25 jogos oficiais, os jogadores rubros acreditavam que apesar das dificuldades, a vitória seria o prêmio final. Engaram-se. O Olímpico foi resistente, recebeu um gol no primeiro tempo, não se intimidou, partiu para cima do Sergipe no segundo tempo partiu para conseguir o empate. E conseguiu.
Agora o time rubro vai encarar o Boca Junior no Francão na tarde deste domingo. O Boca vem de uma derrota para o Itabaiana no Etelvino Mendonça e domingo em casa, o objetivo e conquistar a reabilitação, para dar tranquilidade ao grupo e mostrar que o time ainda é o melhor time do campeonato. 
O capitão Ramalho foi um destaque da partida contra o Olímpico ele preferiu não lamentar o empate e enalteceu a atuação colorada, sobretudo no segundo tempo.
- Nós fizemos um jogo bom. No primeiro tempo principalmente. Tocamos a bola, imprimimos um ritmo bom, criamos algumas situações interessantes, fizemos o gol. Até poderíamos ter feito mais...dois, três, não sei. No segundo tempo o jogo deu uma equilibrada. Eles cresceram, equilibraram a posse de bola e partiram para cima. Mas nós nos fechamos bem. Eles não iriam furar o bloqueio que montamos ali. Nossa defesa estava muito atenta. Só iam fazer o gol na bola parada mesmo, como aconteceu - avaliou Ramalho.
Jogadores do Sergipe já se reapresentaram na tarde desta sexta-feira no Joao Hora e o treinador Elias Borges começou o trabalho de preparação da equipe para a partida contra o Boca Junior, domingo no Francão. Na manhã deste sábado o time volta a treinar no João Hora. A partir desse treino é que o treinador começa a definir a equipe.

O empate em 1x1  com o Olímpico  não estava nos planos do Sergipe. Mesmo reconhecendo que iriam enfrentar um adversário de respeito, uma grande equipe, que está invicta há 25 jogos oficiais, os jogadores rubros acreditavam que apesar das dificuldades, a vitória seria o prêmio final. Engaram-se. O Olímpico foi resistente, recebeu um gol no primeiro tempo, não se intimidou, partiu para cima do Sergipe no segundo tempo partiu para conseguir o empate. E conseguiu.
Agora o time rubro vai encarar o Boca Junior no Francão na tarde deste domingo. O Boca vem de uma derrota para o Itabaiana no Etelvino Mendonça e domingo em casa, o objetivo e conquistar a reabilitação, para dar tranquilidade ao grupo e mostrar que o time ainda é o melhor time do campeonato. 
O capitão Ramalho foi um destaque da partida contra o Olímpico ele preferiu não lamentar o empate e enalteceu a atuação colorada, sobretudo no segundo tempo.
- Nós fizemos um jogo bom. No primeiro tempo principalmente. Tocamos a bola, imprimimos um ritmo bom, criamos algumas situações interessantes, fizemos o gol. Até poderíamos ter feito mais...dois, três, não sei. No segundo tempo o jogo deu uma equilibrada. Eles cresceram, equilibraram a posse de bola e partiram para cima. Mas nós nos fechamos bem. Eles não iriam furar o bloqueio que montamos ali. Nossa defesa estava muito atenta. Só iam fazer o gol na bola parada mesmo, como aconteceu - avaliou Ramalho.
Jogadores do Sergipe já se reapresentaram na tarde desta sexta-feira no Joao Hora e o treinador Elias Borges começou o trabalho de preparação da equipe para a partida contra o Boca Junior, domingo no Francão. Na manhã deste sábado o time volta a treinar no João Hora. A partir desse treino é que o treinador começa a definir a equipe.