Criança morre atropelada ao deixar escola em Boquim

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/03/2018 às 22:48:00

 

A Polícia Civil do Estado de Sergipe segue em busca de informações e intensificando as buscas pelo motorista responsável por atropelar, e matar, uma criança de 11 anos enquanto deixava a unidade escolar em que frequentava na rodovia SE-160, município de Boquim. O fato foi registrado no final da manhã da última quinta-feira, 08, e, conforme informações preliminares repassavas por testemunhas, o atropelamento ocorreu após o condutor ter realizado uma ultrapassagem indevida. O motorista, além da imprudência no trânsito, deixou o local da tragédia sem prestar socorro. Durante o velório de Lázaro Santos Xavier, amigos e familiares solicitaram da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), agilidade e empenho nas buscas.
Atendendo aos pedidos, o Governo do Estado garantiu que o comando da Polícia Civil na região já está colhendo informações e deve convocar já a partir da próxima semana novas testemunhas para depor sobre o caso. A perspectiva da pasta é que as informações possam colaborar com a identificação do autor do crime, bem como o respectivo paradeiro. A SSP solicita ainda que, caso algum cidadão possua detalhes que os levem até o responsável pelo crime, que sejam repassados para o setor de inteligência da secretaria através do disque denúncia. Quanto a identidade dos denunciantes, o Estado garante sigilo total. Profissionais da escola também devem ser convocados para depor sobre o sinistro.
"Eu, como amigo da família, e cristão horrorizado com essa triste perda, espero que as pessoas possam colaborar com o trabalho da polícia e ajude a encontrar o motorista irresponsável. Ele merece pagar pelo crime bárbaro que cometeu. Pedimos justiça para este caso, mas sei que para que ela seja aplicada, precisamos primeiro aguardar que a Polícia encontre e prenda o causador de toda essa destruição emocional", disse Gilberto Souza. O artigo 305 do Código de Trânsito Brasileiro estabelece que o motorista que deixa o local de um acidente de trânsito a fim de fugir da responsabilidade penal ou civil, comete crime. O texto estabelece que a pena pode variar de seis a um ano de detenção.
Colisão - Já na manhã de ontem outra pessoa perdeu a vida após um acidente automotivo. Desta vez a fatalidade foi registrada na Avenida Melício Machado, Zona de Expansão de Aracaju. Segundo informações apresentadas pela Companhia de Policiamento de Trânsito (Cptran), o motociclista Tomaz Menezes Barros, de 28 anos, acabou colidindo com o fundo de um carro e caiu na via expressa. Apesar de receber os primeiros socorros por parte de populares e o condutor do carro, a vítima não suportou o impacto e acabou falecendo no local. Peritos do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local, confirmaram o óbito e recolheram o corpo. (Milton Ales Júnior)

A Polícia Civil do Estado de Sergipe segue em busca de informações e intensificando as buscas pelo motorista responsável por atropelar, e matar, uma criança de 11 anos enquanto deixava a unidade escolar em que frequentava na rodovia SE-160, município de Boquim. O fato foi registrado no final da manhã da última quinta-feira, 08, e, conforme informações preliminares repassavas por testemunhas, o atropelamento ocorreu após o condutor ter realizado uma ultrapassagem indevida. O motorista, além da imprudência no trânsito, deixou o local da tragédia sem prestar socorro. Durante o velório de Lázaro Santos Xavier, amigos e familiares solicitaram da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), agilidade e empenho nas buscas.
Atendendo aos pedidos, o Governo do Estado garantiu que o comando da Polícia Civil na região já está colhendo informações e deve convocar já a partir da próxima semana novas testemunhas para depor sobre o caso. A perspectiva da pasta é que as informações possam colaborar com a identificação do autor do crime, bem como o respectivo paradeiro. A SSP solicita ainda que, caso algum cidadão possua detalhes que os levem até o responsável pelo crime, que sejam repassados para o setor de inteligência da secretaria através do disque denúncia. Quanto a identidade dos denunciantes, o Estado garante sigilo total. Profissionais da escola também devem ser convocados para depor sobre o sinistro.
"Eu, como amigo da família, e cristão horrorizado com essa triste perda, espero que as pessoas possam colaborar com o trabalho da polícia e ajude a encontrar o motorista irresponsável. Ele merece pagar pelo crime bárbaro que cometeu. Pedimos justiça para este caso, mas sei que para que ela seja aplicada, precisamos primeiro aguardar que a Polícia encontre e prenda o causador de toda essa destruição emocional", disse Gilberto Souza. O artigo 305 do Código de Trânsito Brasileiro estabelece que o motorista que deixa o local de um acidente de trânsito a fim de fugir da responsabilidade penal ou civil, comete crime. O texto estabelece que a pena pode variar de seis a um ano de detenção.
Colisão - Já na manhã de ontem outra pessoa perdeu a vida após um acidente automotivo. Desta vez a fatalidade foi registrada na Avenida Melício Machado, Zona de Expansão de Aracaju. Segundo informações apresentadas pela Companhia de Policiamento de Trânsito (Cptran), o motociclista Tomaz Menezes Barros, de 28 anos, acabou colidindo com o fundo de um carro e caiu na via expressa. Apesar de receber os primeiros socorros por parte de populares e o condutor do carro, a vítima não suportou o impacto e acabou falecendo no local. Peritos do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local, confirmaram o óbito e recolheram o corpo. (Milton Ales Júnior)