Acidente na BR 101 deixa cinco feridos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O ônibus e o caminhão se chocaram de frente
O ônibus e o caminhão se chocaram de frente

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 13/03/2018 às 00:10:00

 

Uma colisão frontal envolvendo um caminhão e um ônibus no Km 67 da BR 101, município sergipano de Maruim, deixou cinco pessoas feridas na tarde do último domingo, 11. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os primeiros levantamentos técnicos indicam que por volta das 15h30 o condutor do ônibus perdeu o controle do veículo, invadiu a pista oposta, colidiu com um caminhão carregado de cerâmica e ainda atingiu um carro de passeio. Com o forte impacto, a pista no sentido Maruim e Rosário do Catete ficou parcialmente bloqueada entre 15h30 e 22h40. Três ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram encaminhadas até o local para prestar os primeiros socorros.
O tempo de bloqueio foi amplo em virtude da sujeira deixada pela carga que se espalhou pela via expressa, bem como pelo derramamento de combustível que vasou do ônibus. Por mais de uma hora o fluxo em ambos os sentidos ficou inviabilizado. Apesar do impacto, a Secretaria de Estado da Saúde informou que todos os pacientes encaminhados ao setor de traumas do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) receberam os cuidados necessários e não correm risco de morte. A perspectiva por parte da corporação federal é que um laudo pericial detalhando o sinistro seja apresentado em até 30 seguidos, podendo ser prorrogado.
Testemunha do acidente, o morador Lindomar Santana dos Santos disse ao Jornal do Dia que acreditava em vitimas fatais em decorrência do impacto e da velocidade registrada. Segundo ele, dezenas de pessoas que estavam carros próximos dos veículos atingidos acabaram descendo com o objetivo de tentar salvar as vítimas. "Eu fui um dos primeiros a entrar em contato com a PRF e com o Samu. Assim que desci do carro já fiz isso. Estava indo trabalhar em Rosário com a minha esposa. Quando chegamos perto ouvimos pessoas gritando, mas para a nossa surpresa boa todas estavam bem, dentro do possível" declarou.
Conforme confirmado pelo comando regional da Polícia Rodoviária Federal, não haviam passageiros no ônibus. A informação é que o motorista tinha saído da cidade de Recife com destino à Aracaju, sozinho, sem auxílio inclusive de motorista substituto. "O pessoal apresentou nervosismo, mas ao perceberem que não haviam pessoas desmaiadas ou mortas, foram amenizando a preocupação", pontuou Lindomar. Os ocupantes do carro de passeio foram atendidos no local do impacto e, por apresentarem ferimentos leves, receberam alta médica no mesmo local. Um guincho foi acionado para remover os veículos; o congestionamento chegou a seis quilômetros.

Uma colisão frontal envolvendo um caminhão e um ônibus no Km 67 da BR 101, município sergipano de Maruim, deixou cinco pessoas feridas na tarde do último domingo, 11. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os primeiros levantamentos técnicos indicam que por volta das 15h30 o condutor do ônibus perdeu o controle do veículo, invadiu a pista oposta, colidiu com um caminhão carregado de cerâmica e ainda atingiu um carro de passeio. Com o forte impacto, a pista no sentido Maruim e Rosário do Catete ficou parcialmente bloqueada entre 15h30 e 22h40. Três ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram encaminhadas até o local para prestar os primeiros socorros.
O tempo de bloqueio foi amplo em virtude da sujeira deixada pela carga que se espalhou pela via expressa, bem como pelo derramamento de combustível que vasou do ônibus. Por mais de uma hora o fluxo em ambos os sentidos ficou inviabilizado. Apesar do impacto, a Secretaria de Estado da Saúde informou que todos os pacientes encaminhados ao setor de traumas do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) receberam os cuidados necessários e não correm risco de morte. A perspectiva por parte da corporação federal é que um laudo pericial detalhando o sinistro seja apresentado em até 30 seguidos, podendo ser prorrogado.
Testemunha do acidente, o morador Lindomar Santana dos Santos disse ao Jornal do Dia que acreditava em vitimas fatais em decorrência do impacto e da velocidade registrada. Segundo ele, dezenas de pessoas que estavam carros próximos dos veículos atingidos acabaram descendo com o objetivo de tentar salvar as vítimas. "Eu fui um dos primeiros a entrar em contato com a PRF e com o Samu. Assim que desci do carro já fiz isso. Estava indo trabalhar em Rosário com a minha esposa. Quando chegamos perto ouvimos pessoas gritando, mas para a nossa surpresa boa todas estavam bem, dentro do possível" declarou.
Conforme confirmado pelo comando regional da Polícia Rodoviária Federal, não haviam passageiros no ônibus. A informação é que o motorista tinha saído da cidade de Recife com destino à Aracaju, sozinho, sem auxílio inclusive de motorista substituto. "O pessoal apresentou nervosismo, mas ao perceberem que não haviam pessoas desmaiadas ou mortas, foram amenizando a preocupação", pontuou Lindomar. Os ocupantes do carro de passeio foram atendidos no local do impacto e, por apresentarem ferimentos leves, receberam alta médica no mesmo local. Um guincho foi acionado para remover os veículos; o congestionamento chegou a seis quilômetros.