Bandidos arrombam agência de banco no Santo Antônio

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/03/2018 às 22:08:00

 

Uma agência do Banco do Estado de Sergipe (Banese) na Avenida Simeão Sobral, bairro Santo Antônio (zona norte de Aracaju), foi arrombada e invadida na madrugada de ontem. Os bandidos quebram a porta giratória e tiveram acesso à área de autoatendimento. Segundo a Polícia Militar, a agência foi invadida duas vezes na mesma madrugada. 
A primeira foi por volta da meia-noite, quando a Polícia Militar foi chamada para verificar a denúncia de invasão a uma casa vizinha e verificou que a porta do banco estava aberta. A gerência do banco chegou a ser chamada e liberou os PMs, por entender que não havia mais risco. A segunda foi por volta das 3 da manhã, quando a mesma equipe da PM foi chamada e descobriu que os bandidos quebraram a porta giratória da agência. Além de levarem um aparelho de TV, os ladrões arrombaram quatro guichês e reviraram várias mesas. 
Equipes da Polícia Civil e do Instituto de Criminalística estiveram no local durante toda a manhã, fazendo as perícias e as primeiras investigações. Os agentes encontraram uma faca de mesa e uma barra de ferro que possivelmente foi utilizada para quebrar a porta. O furto de quantias em dinheiro do banco não foi confirmado nem pela polícia e nem pelo Banese. A assessoria da estatal disse que a vigilância da agência é eletrônica, e assim que a porta foi quebrada, o sistema foi acionado, mas não havia mais ninguém quando os policiais chegaram. As imagens da hora do arrombamento foram entregues à polícia. 
Este é o segundo ataque criminoso contra agências do Banese em uma semana. Na quinta-feira passada, dois homens armados com ferros e picaretas quebraram a parede da agência da instituição no Distrito Industrial (DIA) e chegaram a entrar pela sala de saúde, mas fugiram depois que o alarme disparou. Nos dois casos, a polícia já teve acesso a imagens gravadas do circuito interno de segurança, que registraram a passagem dos bandidos. Os casos são investigados pelo Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri). 

Uma agência do Banco do Estado de Sergipe (Banese) na Avenida Simeão Sobral, bairro Santo Antônio (zona norte de Aracaju), foi arrombada e invadida na madrugada de ontem. Os bandidos quebram a porta giratória e tiveram acesso à área de autoatendimento. Segundo a Polícia Militar, a agência foi invadida duas vezes na mesma madrugada. 
A primeira foi por volta da meia-noite, quando a Polícia Militar foi chamada para verificar a denúncia de invasão a uma casa vizinha e verificou que a porta do banco estava aberta. A gerência do banco chegou a ser chamada e liberou os PMs, por entender que não havia mais risco. A segunda foi por volta das 3 da manhã, quando a mesma equipe da PM foi chamada e descobriu que os bandidos quebraram a porta giratória da agência. Além de levarem um aparelho de TV, os ladrões arrombaram quatro guichês e reviraram várias mesas. 
Equipes da Polícia Civil e do Instituto de Criminalística estiveram no local durante toda a manhã, fazendo as perícias e as primeiras investigações. Os agentes encontraram uma faca de mesa e uma barra de ferro que possivelmente foi utilizada para quebrar a porta. O furto de quantias em dinheiro do banco não foi confirmado nem pela polícia e nem pelo Banese. A assessoria da estatal disse que a vigilância da agência é eletrônica, e assim que a porta foi quebrada, o sistema foi acionado, mas não havia mais ninguém quando os policiais chegaram. As imagens da hora do arrombamento foram entregues à polícia. 
Este é o segundo ataque criminoso contra agências do Banese em uma semana. Na quinta-feira passada, dois homens armados com ferros e picaretas quebraram a parede da agência da instituição no Distrito Industrial (DIA) e chegaram a entrar pela sala de saúde, mas fugiram depois que o alarme disparou. Nos dois casos, a polícia já teve acesso a imagens gravadas do circuito interno de segurança, que registraram a passagem dos bandidos. Os casos são investigados pelo Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri).