Lesão de Diogo preocupa a Comissão Técnica

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Diogo deixou o campo domingo lesionado, mas está em tratamento intensivo para se recuperar
Diogo deixou o campo domingo lesionado, mas está em tratamento intensivo para se recuperar

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 13/03/2018 às 22:59:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
O atacante Diogo 
deixou o campo 
domingo ainda no primeiro tempo com uma entorse no tornozelo direito. Tão logo deixou o campo nos braços do massagista Neguinho, o atleta entrou em tratamento intensivo, para avançar na recuperação. Diogo diz que a lesão regrediu bastante, a recuperação avançou é sua presença no clássico de domingo contra o Confiança é quase certa. 
- Infelizmente tive uma pequena torção, porque o campo lá é um pouco irregular. Mas agora é tratar, porque no fim de semana tem um clássico. Para mim, o jogo mais importante do Campeonato Sergipano e eu não quero perder. Acho que dá para recuperar bem-disse Diogo.
O clássico contra o Confiança está marcado para o domingo, na Arena Batistão, e o departamento médico do clube trabalha para entregar Diogo para a comissão técnica a tempo de participar do clássico. "Na medida do possível vamos fazendo o trabalho de recuperação, para que ele possa estar pronto para jogar. Ele apresentou uma dor intensa no local da lesão, mas já teve uma melhoria significativa. Vamos dar continuidade ao protocolo de tratamento e na medida em que ele for melhorando, pode ser liberado para jogar, informou Nivaldo Andrade, fisioterapeuta do clube.
Treinamento - O treinador Elias Borges está aproveitando a semana para corrigir os erros apresentados pela equipe nos últimos compromissos. Ontem foi mais um dia de trabalho no João Hora e hoje, o time faz o primeiro treino com bola. Para partida contra o Confiança, o Sergipe estará com time completo, inclusive com o artilheiro Nino Guerreiro, autor de um dos gols na vitória contra o Boca Júnior. 
Contra o Boca Junior Nino admite que o time alvirrubro perdeu muitas chances, apesar de ter vencido por três gols de diferença. "Foi um jogo no qual nossa equipe entrou determinada, concentrada e conseguiu ficar tranquila logo no início com aqueles dois gols. Poderíamos até ter feito mais. Perdemos alguns gols que poderiam nos ajudar mais na frente, porque nessa fase de pontos corridos o saldo de gols é importante", disse o artilheiro rubro.

O atacante Diogo  deixou o campo  domingo ainda no primeiro tempo com uma entorse no tornozelo direito. Tão logo deixou o campo nos braços do massagista Neguinho, o atleta entrou em tratamento intensivo, para avançar na recuperação. Diogo diz que a lesão regrediu bastante, a recuperação avançou é sua presença no clássico de domingo contra o Confiança é quase certa. 
- Infelizmente tive uma pequena torção, porque o campo lá é um pouco irregular. Mas agora é tratar, porque no fim de semana tem um clássico. Para mim, o jogo mais importante do Campeonato Sergipano e eu não quero perder. Acho que dá para recuperar bem-disse Diogo.
O clássico contra o Confiança está marcado para o domingo, na Arena Batistão, e o departamento médico do clube trabalha para entregar Diogo para a comissão técnica a tempo de participar do clássico. "Na medida do possível vamos fazendo o trabalho de recuperação, para que ele possa estar pronto para jogar. Ele apresentou uma dor intensa no local da lesão, mas já teve uma melhoria significativa. Vamos dar continuidade ao protocolo de tratamento e na medida em que ele for melhorando, pode ser liberado para jogar, informou Nivaldo Andrade, fisioterapeuta do clube.
Treinamento - O treinador Elias Borges está aproveitando a semana para corrigir os erros apresentados pela equipe nos últimos compromissos. Ontem foi mais um dia de trabalho no João Hora e hoje, o time faz o primeiro treino com bola. Para partida contra o Confiança, o Sergipe estará com time completo, inclusive com o artilheiro Nino Guerreiro, autor de um dos gols na vitória contra o Boca Júnior. 
Contra o Boca Junior Nino admite que o time alvirrubro perdeu muitas chances, apesar de ter vencido por três gols de diferença. "Foi um jogo no qual nossa equipe entrou determinada, concentrada e conseguiu ficar tranquila logo no início com aqueles dois gols. Poderíamos até ter feito mais. Perdemos alguns gols que poderiam nos ajudar mais na frente, porque nessa fase de pontos corridos o saldo de gols é importante", disse o artilheiro rubro.