Opará realiza formações sobre uso sustentável da água

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 14/03/2018 às 23:29:00

 

Como parte das comemorações ao Dia Mundial da Água celebrado em 22 de março, o projeto Opará: águas do rio São Francisco, patrocinado pela Petrobras e Governo Federal, realiza uma programação especial de atividades que envolve a gestão hídrica no semiárido sergipano. 
A intenção é promover a educação ambiental entre os assentados, irrigantes e comunidade ribeirinha, e garantindo a regularização da produção de água, através do equilíbrio ambiental e do uso sustentável de recursos naturais.
Ontem e hoje, nos turnos da tarde e noite, o projeto realiza oficinas e cursos na Reserva Mato da Onça, Colégio São Vicente de Pão de Açúcar e na Faculdade São Vicente de Pão de Açúcar (FASVIPA), na cidade de Pão de Açúcar, em Alagoas.
Estudantes do ensino médio, comunidade acadêmica e trabalhadores/as rurais participaram da atividade com discussões sobre a recuperação do rio São Francisco através de práticas sustentáveis que visam preservar e regular o uso das águas e contribuam para a melhoria na qualidade e na quantidade hídrica.
A atividade foi abertana Reserva Mato da Onça, com a oficina sobre recursos hídricos e meio ambiente, com a abordagem do tema sobre a importância social da água, ministrado pelo doutorando em Desenvolvimento e Meio Ambiente da Universidade Federal de Sergipe (UFS),Cristyano Ayres Machado. Em Seguida, os participantes discutiram ações de recuperação florestal com o engenheiro florestal, mestre em Agrossistemas e coordenador de Restauração / Monitoramento do Opará, ThadeuIsmerim Silva Santos.
Nesta quinta-feira, são realizadas as oficinas e cursos sobre o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco e Política Nacional de Recursos Hídricos - Lei 9.433/97, com a mestranda em Desenvolvimento e Meio Ambiente Hannah Uruga Oliveira, coordenadora das ações de educação ambiental do Opará. No mesmo dia, o engenheiro agronômico Frankilin Santos Modesto realiza a oficina sobre irrigação. 

Como parte das comemorações ao Dia Mundial da Água celebrado em 22 de março, o projeto Opará: águas do rio São Francisco, patrocinado pela Petrobras e Governo Federal, realiza uma programação especial de atividades que envolve a gestão hídrica no semiárido sergipano. 
A intenção é promover a educação ambiental entre os assentados, irrigantes e comunidade ribeirinha, e garantindo a regularização da produção de água, através do equilíbrio ambiental e do uso sustentável de recursos naturais.
Ontem e hoje, nos turnos da tarde e noite, o projeto realiza oficinas e cursos na Reserva Mato da Onça, Colégio São Vicente de Pão de Açúcar e na Faculdade São Vicente de Pão de Açúcar (FASVIPA), na cidade de Pão de Açúcar, em Alagoas.
Estudantes do ensino médio, comunidade acadêmica e trabalhadores/as rurais participaram da atividade com discussões sobre a recuperação do rio São Francisco através de práticas sustentáveis que visam preservar e regular o uso das águas e contribuam para a melhoria na qualidade e na quantidade hídrica.
A atividade foi abertana Reserva Mato da Onça, com a oficina sobre recursos hídricos e meio ambiente, com a abordagem do tema sobre a importância social da água, ministrado pelo doutorando em Desenvolvimento e Meio Ambiente da Universidade Federal de Sergipe (UFS),Cristyano Ayres Machado. Em Seguida, os participantes discutiram ações de recuperação florestal com o engenheiro florestal, mestre em Agrossistemas e coordenador de Restauração / Monitoramento do Opará, ThadeuIsmerim Silva Santos.
Nesta quinta-feira, são realizadas as oficinas e cursos sobre o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco e Política Nacional de Recursos Hídricos - Lei 9.433/97, com a mestranda em Desenvolvimento e Meio Ambiente Hannah Uruga Oliveira, coordenadora das ações de educação ambiental do Opará. No mesmo dia, o engenheiro agronômico Frankilin Santos Modesto realiza a oficina sobre irrigação.