Edvaldo expressa indignação com assassinato de vereadora

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A vereadora Marielle Franco (PSOL)
A vereadora Marielle Franco (PSOL)

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 15/03/2018 às 22:48:00

 

O prefeito de Araca-
ju, Edvaldo Noguei-
ra (PCdoB), lamentou a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada na noite desta quarta-feira (14), na zona norte do Rio de Janeiro. Ela e o motorista Anderson Gomes foram baleados. 
Através das suas redes sociais, o prefeito definiu o crime como uma "barbárie" e ressaltou que "violência que toma o Rio é um problema nacional". Ele cobrou punição aos envolvidos
Abaixo a publicação de Edvaldo Nogueira:
As balas assassinas que tiraram a vida da vereadora Marielle Franco atingiram os corações de todos nós brasileiros.
A barbárie que aconteceu ontem à noite no Rio de Janeiro reforça aquilo que já venho dizendo: o problema da violência não está limitada apenas ao Rio, é um problema nacional, que o país inteiro vem sofrendo. Eu e todo o Brasil lamentamos profundamente a sua morte, mas esse caso revela o caos da segurança pública. Não podemos admitir isso, sob pena de fatos como esse continuarem se repetindo em outras partes do país. 
Os envolvidos devem ser punidos exemplarmente! As mortes de Marielle e do motorista Anderson Gomes escancaram este problema e mostram a violência com a qual os jovens têm que lidar diariamente nas ruas. #MariellePresente

O prefeito de Araca- ju, Edvaldo Noguei- ra (PCdoB), lamentou a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada na noite desta quarta-feira (14), na zona norte do Rio de Janeiro. Ela e o motorista Anderson Gomes foram baleados. 
Através das suas redes sociais, o prefeito definiu o crime como uma "barbárie" e ressaltou que "violência que toma o Rio é um problema nacional". Ele cobrou punição aos envolvidos
Abaixo a publicação de Edvaldo Nogueira:As balas assassinas que tiraram a vida da vereadora Marielle Franco atingiram os corações de todos nós brasileiros.
A barbárie que aconteceu ontem à noite no Rio de Janeiro reforça aquilo que já venho dizendo: o problema da violência não está limitada apenas ao Rio, é um problema nacional, que o país inteiro vem sofrendo. Eu e todo o Brasil lamentamos profundamente a sua morte, mas esse caso revela o caos da segurança pública. Não podemos admitir isso, sob pena de fatos como esse continuarem se repetindo em outras partes do país. 
Os envolvidos devem ser punidos exemplarmente! As mortes de Marielle e do motorista Anderson Gomes escancaram este problema e mostram a violência com a qual os jovens têm que lidar diariamente nas ruas. #MariellePresente