Sergipe define esquema ofensivo domingo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Treinador do Sergipe vai forçar o jogos pelas laterais para vencer o clássico
Treinador do Sergipe vai forçar o jogos pelas laterais para vencer o clássico

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/03/2018 às 22:58:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
Vice-líder do hexagonal 
com quatro pontos 
ganhos, o Sergipe terá no clássico deste domingo na Arena Batistão contra o Confiança, a oportunidade de conquistar uma vitória e encaminhar a sua classificação para a fase final da competição. Para isso nos treinos desta semana, o treinador Elias Borges exigiu muito do elenco e procurou armar jogadas pelas laterais para surpreender o adversário. Marinho Donizete e Rhuan foram bastante explorados.
Para Elias Borges, o forte do Sergipe são as jogadas pelas laterais e ele não esconde que "o melhor ataque é a lateral" ou "todo bom ataque tem uma lateral ao seu lado". O fato que merece todo o destaque é a eficiência do Gipão pelos lados do campo. Rhuan e Marinho Donizete se tornaram peças muito importantes no apoio ao sistema ofensivo.
Dos 19 gols do time na temporada, quatro foram marcados pela dupla, dois de cada um. Além disso, eles participaram, direta ou indiretamente, de 90% dos gols marcados pela equipe. O esquema é montado justamente para dar essa liberdade a eles no apoio ao ataque.
- A gente tenta buscar o máximo deles. E está sendo muito gratificante trabalhar não só com eles, mas com todo o grupo. Mas tem sempre que exaltar o Rhuan e o Donizete que estão sendo cirúrgicos - destacou Edmilson Silva, coordenador técnico do Sergipe.
Um dos fatores que podem explicar essa alta produtividade ofensiva dos laterais é o sistema implantado pelos técnicos Elias Borges e Edmilson Silva, que dá uma liberdade grande para eles subirem para o ataque.
- Eles são peças fundamentais para o time porque têm uma liberdade muita grande para flutuar. Esse é um modelo que se traz de fora e que se implantou aqui. Tivemos uma felicidade grande porque Rhuan e Donizete são tanto laterais como alas, e ainda cumprem bem a função no meio. Eles flutuam pelas três posições com muita liberdade e chegando ao gol. A tendência é continuar assim - comentou Edmilson.
Um dos mais experientes do elenco, Marinho Donizete é referência no time e criou rápida identificação com a torcida do Sergipe, que empolgada, já faz memes nas redes sociais comparando o jogador ao colega de posição Marcelo, craque do Real Madri e da Seleção Brasileira.
Natan pode substituir Diogo -Apesar do tratamento intenso durante a semana, Diogo foi vetado para o clássico do próximo domingo, contra o Confiança, na Arena Batistão. Com isso, aumentam, e muito, as chances de Natan começar a partida.Foi assim pelo menos na partida contra o Boca. Quando o primeiro saiu machucado, o segundo entrou e se saiu muito bem.

Vice-líder do hexagonal  com quatro pontos  ganhos, o Sergipe terá no clássico deste domingo na Arena Batistão contra o Confiança, a oportunidade de conquistar uma vitória e encaminhar a sua classificação para a fase final da competição. Para isso nos treinos desta semana, o treinador Elias Borges exigiu muito do elenco e procurou armar jogadas pelas laterais para surpreender o adversário. Marinho Donizete e Rhuan foram bastante explorados.
Para Elias Borges, o forte do Sergipe são as jogadas pelas laterais e ele não esconde que "o melhor ataque é a lateral" ou "todo bom ataque tem uma lateral ao seu lado". O fato que merece todo o destaque é a eficiência do Gipão pelos lados do campo. Rhuan e Marinho Donizete se tornaram peças muito importantes no apoio ao sistema ofensivo.
Dos 19 gols do time na temporada, quatro foram marcados pela dupla, dois de cada um. Além disso, eles participaram, direta ou indiretamente, de 90% dos gols marcados pela equipe. O esquema é montado justamente para dar essa liberdade a eles no apoio ao ataque.
- A gente tenta buscar o máximo deles. E está sendo muito gratificante trabalhar não só com eles, mas com todo o grupo. Mas tem sempre que exaltar o Rhuan e o Donizete que estão sendo cirúrgicos - destacou Edmilson Silva, coordenador técnico do Sergipe.
Um dos fatores que podem explicar essa alta produtividade ofensiva dos laterais é o sistema implantado pelos técnicos Elias Borges e Edmilson Silva, que dá uma liberdade grande para eles subirem para o ataque.
- Eles são peças fundamentais para o time porque têm uma liberdade muita grande para flutuar. Esse é um modelo que se traz de fora e que se implantou aqui. Tivemos uma felicidade grande porque Rhuan e Donizete são tanto laterais como alas, e ainda cumprem bem a função no meio. Eles flutuam pelas três posições com muita liberdade e chegando ao gol. A tendência é continuar assim - comentou Edmilson.
Um dos mais experientes do elenco, Marinho Donizete é referência no time e criou rápida identificação com a torcida do Sergipe, que empolgada, já faz memes nas redes sociais comparando o jogador ao colega de posição Marcelo, craque do Real Madri e da Seleção Brasileira.
Natan pode substituir Diogo -Apesar do tratamento intenso durante a semana, Diogo foi vetado para o clássico do próximo domingo, contra o Confiança, na Arena Batistão. Com isso, aumentam, e muito, as chances de Natan começar a partida.Foi assim pelo menos na partida contra o Boca. Quando o primeiro saiu machucado, o segundo entrou e se saiu muito bem.