Fórum de Combate à Corrupção divulgará resumo de relatório da auditoria conjunta na área de oncologia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Aspecto da reunião do Fórum de Combate à Corrupção
Aspecto da reunião do Fórum de Combate à Corrupção

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/03/2018 às 22:34:00

 

A primeira reunião do ano do Fórum Permanente de Combate à Corrupção de Sergipe (Focco/SE) ocorreu na manhã desta sexta-feira, na sala de reuniões de Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE). Na ocasião, houve debate sobre as providências que serão adotadas para implementar as recomendações que foram feitas no relatório da auditoria conjunta feita no ano passado na área da oncologia dos hospitais Cirurgia e de Urgência de Sergipe (Huse).
"Deliberamos que vamos divulgar os detalhes das constatações do relatório para que a sociedade conheça. Agora, é a fase de iniciarmos os procedimentos para o acompanhamento destas medidas que são em prol da melhoria do atendimento na questão da oncologia no âmbito no estado de Sergipe", explicou o procurador da República e coordenador do Focco/SE, Heitor Alves Soares.
Estiveram presentes também na reunião o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE), Ulices Andrade; o procurador do Ministério Público de Contas, Eduardo Côrtes; a promotora de Justiça Ana Paula Machado Costa, o Superintendente da Controladoria Regional da União no Estado de Sergipe, Frederico Resende de Oliveira, o Secretário de Controle Externo do TCU/SE, Jackson Luiz Araújo, e o secretário-chefe da Controladoria-Geral do Estado (CGE/SE), Eliziário Silveira Sobral.
Histórico - Criado em 2015, o Fórum é formado por representantes dos Ministérios Públicos Federal, Estadual e Especial de Contas, Tribunais de Contas da União e do Estado, além das Controladorias-Gerais da União e do Estado. As instituições atuam de forma integrada na busca de práticas uniformes para o diagnóstico, prevenção e repressão à corrupção.

A primeira reunião do ano do Fórum Permanente de Combate à Corrupção de Sergipe (Focco/SE) ocorreu na manhã desta sexta-feira, na sala de reuniões de Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE). Na ocasião, houve debate sobre as providências que serão adotadas para implementar as recomendações que foram feitas no relatório da auditoria conjunta feita no ano passado na área da oncologia dos hospitais Cirurgia e de Urgência de Sergipe (Huse).
"Deliberamos que vamos divulgar os detalhes das constatações do relatório para que a sociedade conheça. Agora, é a fase de iniciarmos os procedimentos para o acompanhamento destas medidas que são em prol da melhoria do atendimento na questão da oncologia no âmbito no estado de Sergipe", explicou o procurador da República e coordenador do Focco/SE, Heitor Alves Soares.
Estiveram presentes também na reunião o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE), Ulices Andrade; o procurador do Ministério Público de Contas, Eduardo Côrtes; a promotora de Justiça Ana Paula Machado Costa, o Superintendente da Controladoria Regional da União no Estado de Sergipe, Frederico Resende de Oliveira, o Secretário de Controle Externo do TCU/SE, Jackson Luiz Araújo, e o secretário-chefe da Controladoria-Geral do Estado (CGE/SE), Eliziário Silveira Sobral.
Histórico - Criado em 2015, o Fórum é formado por representantes dos Ministérios Públicos Federal, Estadual e Especial de Contas, Tribunais de Contas da União e do Estado, além das Controladorias-Gerais da União e do Estado. As instituições atuam de forma integrada na busca de práticas uniformes para o diagnóstico, prevenção e repressão à corrupção.