Sergipe e Itabaiana decidem vaga na final

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto


Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 25/03/2018 às 12:48:00

 

Sergipe e Itabaiana fa-
zem neste domingo 
às 17h00 na Arena Batistão, o jogão mais importante da rodada. É o jogo em que uma vitória classifica automaticamente a equipe do Itabaiana para a grande final. O time serrano que hoje cota com sete pontos e não poderá ser alcançado.
Para o Sergipe que se apresenta até agora como a equipe mais regular da competição a vitória não classifica o time rubro, mas deixa essa classificação bem encaminhada. O Sergipe tem cinco pontos ganhos e se vencer chegará a oito pontos, ficando na dependência de apenas um empate na última partida contra o Lagarto, na Arena Batistão. Na primeira fase, o Itabaiana venceu o Sergipe no Etelvino Mendonça.
Pelo que a partida representa para as duas equipes, espera-se a presença de um grande público esta tarde na Arena Batistão. Treinadores não tem muitas novidades apresentar. No Sergipe, o treinador Elias Borges está na expectativa de contar com o atacante Diogo, que passou a semana sob tratamento, mas está completamente recuperado.
Diogo por exemplo é um dos mais motivados com a campanha do time rubro. O atacante admite que o Sergipe não precisa mudar nada, apenas dar o máximo em campo e ser eficiente. Jogador se lesionou recentemente, mas conseguiu se recuperar a tempo e deu a assistência para o gol de Nino Guerreiro na partida anterior, o clássico contra o Confiança.
- Precisamos manter a mesma pegada do início do campeonato, não tem o que mudar. Acredito que não tem nada de diferente a fazer agora. É manter o que estamos fazendo e aproveitar as oportunidades que aparecerem. Ou seja, fazendo os gols. Em qualquer jogo a gente só pensa em ganhar. Então, temos que dar o máximo para que possamos sair com a vitória - afirmou Diogo.
Pelo lado do Itabaiana, o time está a três pontos da final. O lateral Juninho acredita na vitória do Itabaiana. "Vamos para cima sem desespero. Sabemos que é um clássico e irá vencer quem for mais competente e quem errar menos. É manter o que a gente vem fazendo nesse hexagonal, que é propor o ritmo de jogo", disse o lateral Juninho.
Sergipe e Itabaiana jogam às 17h00 deste domingo na Arena Batistão com a arbitragem de Claudio Francisco de Lima e Silva. Os assistentes serão Cleriston Clay Rios e Vaneide Vieira de Gois. 

Sergipe e Itabaiana fa- zem neste domingo  às 17h00 na Arena Batistão, o jogão mais importante da rodada. É o jogo em que uma vitória classifica automaticamente a equipe do Itabaiana para a grande final. O time serrano que hoje cota com sete pontos e não poderá ser alcançado.
Para o Sergipe que se apresenta até agora como a equipe mais regular da competição a vitória não classifica o time rubro, mas deixa essa classificação bem encaminhada. O Sergipe tem cinco pontos ganhos e se vencer chegará a oito pontos, ficando na dependência de apenas um empate na última partida contra o Lagarto, na Arena Batistão. Na primeira fase, o Itabaiana venceu o Sergipe no Etelvino Mendonça.
Pelo que a partida representa para as duas equipes, espera-se a presença de um grande público esta tarde na Arena Batistão. Treinadores não tem muitas novidades apresentar. No Sergipe, o treinador Elias Borges está na expectativa de contar com o atacante Diogo, que passou a semana sob tratamento, mas está completamente recuperado.
Diogo por exemplo é um dos mais motivados com a campanha do time rubro. O atacante admite que o Sergipe não precisa mudar nada, apenas dar o máximo em campo e ser eficiente. Jogador se lesionou recentemente, mas conseguiu se recuperar a tempo e deu a assistência para o gol de Nino Guerreiro na partida anterior, o clássico contra o Confiança.
- Precisamos manter a mesma pegada do início do campeonato, não tem o que mudar. Acredito que não tem nada de diferente a fazer agora. É manter o que estamos fazendo e aproveitar as oportunidades que aparecerem. Ou seja, fazendo os gols. Em qualquer jogo a gente só pensa em ganhar. Então, temos que dar o máximo para que possamos sair com a vitória - afirmou Diogo.
Pelo lado do Itabaiana, o time está a três pontos da final. O lateral Juninho acredita na vitória do Itabaiana. "Vamos para cima sem desespero. Sabemos que é um clássico e irá vencer quem for mais competente e quem errar menos. É manter o que a gente vem fazendo nesse hexagonal, que é propor o ritmo de jogo", disse o lateral Juninho.
Sergipe e Itabaiana jogam às 17h00 deste domingo na Arena Batistão com a arbitragem de Claudio Francisco de Lima e Silva. Os assistentes serão Cleriston Clay Rios e Vaneide Vieira de Gois.