Ônibus extras para o interior do Estado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 30/03/2018 às 00:19:00

Sessenta ônibus extras foram colocados a serviço dos usuários do transporte intermunicipal e interestadual que desejam pegar estrada durante esta Semana Santa. Somente nos dois principais terminais rodoviários de Aracaju a perspectiva é que mais de 30 mil passageiros utilizem as plataformas de embarque com destino aos mais variados municípios situados na região Nordeste. Em Sergipe, os principais paradeiros são as cidades de Nossa Senhora da Glória, Itabaiana, Lagarto, Estância, Simão Dias, Propriá e Nossa Senhora das Dores. Fora, os destinos mais procurados são as cidades de Salvador, Paulo Afonso, Maceió e Recife.

Diante do movimento intensificado desde a tarde da última terça-feira, 27, durante todo o dia de ontem passageiros com os bilhetes devidamente comprados chegavam com até uma hora de antecedência do horário de partida, enfrentavam poucas filas no momento do embarque e se acomodavam nos veículos sem dificuldades. Já aqueles que optaram por deixar para a compra das passagens para última hora, precisaram chegar com até três horas de antecedência e enfrentar filas extensas, queda do sistema que emite os bilheres e a baixa quantidade de vendedores para atender a vasta demanda. Para garabtir a tranquilidade de todos, equipes da Polícia Militar do Estado de Sergipe e a Guarda Municipal de Aracaju reforçaram as fiscalizações nos entornos dos terminais.

Compondo o grupo de passageiros que se antecipou e adquiriu os bilhetes com razoável antecedência, está a agente de serviços gerais, Joseneide Vieira dos Santos. Natural da cidade de Ilha das Flores, a experiência de feriados prolongados em anos anteriores a fez promover um planejamento com até duas semanas de antecipação. Na tarde de ontem, ao Jornal do Dia, ela relatou sofrimento no mês de dezembro de 2013. "Eu tinha dois anos que morava aqui em Aracaju e ja vinha percebendo que deixar essa compra para o dia da viagem era muito ruim, mesmo com o contratempo que é comprar as passagens antes. Chegar na casa de minha mãe naquele momento de festa de final de ano não foi nada fácil; dor de cabeça mesmo. De lá para cá eu sempre compro com uma ou duas semanas antes do dia da viagem. Muito mais tranquilo", declarou.
De acordo com a Socicam - grupo que gereciona os terminais rodoviários da capital sergipana, a previsão é que o movimento sofra uma significativa redução durante o dia de hoje, e volte a ser aquecido a partir da tarde do próximo domingo de Páscoa. O fluxo de usurários do sistema nesta Semana Santa deve permanecer até a próxima segunda-feira, 02, quando os ônibus extras serão retirados de circulação.