Mulher é flagrada com grampos e produtos roubados em Itabaiana

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Objetos apreendidos na casa da mulher
Objetos apreendidos na casa da mulher

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/04/2018 às 06:28:00

 

Uma mulher de 40 anos foi presa suspeita de participar de assaltos a bancos e caixas eletrônicos no interior do estado. Na madrugada desta segunda-feira, policiais do Grupo de Ações Táticas do Interior (Gati) fizeram rondas na cidade de Areia Branca (Agreste) e apuraram a denúncia de que uma pessoa guardava diversos produtos roubados em sua residência. Ao chegarem no local indicado, os soldados encontraram a suspeita vestindo uma capa de colete. 
Dentro da casa, foram apreendidos grampos que são geralmente usados pelos criminosos para perfurar pneus de automóveis da polícia e retardar a perseguição após os assaltos. Também foram recolhidas roupas, tênis, pelas de moto desmontadas e uma motocicleta com placas de Paulo Afonso (BA) e diversas peças que diferiam das originais.
A suspeita admitiu à polícia que dois homens faziam os assaltos e levavam todos os materiais até sua casa para ser guardados. Ela foi levada junto com todo o material à Delegacia Plantonista de Itabaiana, onde o caso foi registrado. A Polícia Civil vai abrir um inquérito para identificar quem são os outros envolvidos.

Uma mulher de 40 anos foi presa suspeita de participar de assaltos a bancos e caixas eletrônicos no interior do estado. Na madrugada desta segunda-feira, policiais do Grupo de Ações Táticas do Interior (Gati) fizeram rondas na cidade de Areia Branca (Agreste) e apuraram a denúncia de que uma pessoa guardava diversos produtos roubados em sua residência. Ao chegarem no local indicado, os soldados encontraram a suspeita vestindo uma capa de colete. 
Dentro da casa, foram apreendidos grampos que são geralmente usados pelos criminosos para perfurar pneus de automóveis da polícia e retardar a perseguição após os assaltos. Também foram recolhidas roupas, tênis, pelas de moto desmontadas e uma motocicleta com placas de Paulo Afonso (BA) e diversas peças que diferiam das originais.
A suspeita admitiu à polícia que dois homens faziam os assaltos e levavam todos os materiais até sua casa para ser guardados. Ela foi levada junto com todo o material à Delegacia Plantonista de Itabaiana, onde o caso foi registrado. A Polícia Civil vai abrir um inquérito para identificar quem são os outros envolvidos.