Igreja é arrombada em Carmópolis e usuário se entrega

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 03/04/2018 às 07:07:00

 

Um usuário de drogas se apresentou à Polícia Civil e confessou ter sido responsável pelo arrombamento ocorrido ontem de madrugada na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, em Carmópolis (Vale do Cotinguiba). O templo foi invadido e teve vários equipamentos de som furtados. Segundo o delegado de Carmópolis, Wanderson Bastos, os depoimentos do padre e do sacristão da paróquia, assim como as imagens das câmeras de segurança, foram fundamentais para a identificação do suspeito. 
Ainda de acordo com o delegado, o suspeito pediu perdão durante o depoimento e se dispor a entregar parte dos equipamentos roubados, como microfones e cabos, bem como a trabalhar na paróquia para pagar os prejuízos causados. A polícia apurou ainda que o usuário não teve dificuldades para invadir a igreja, que passa por reformas. O rapaz foi indiciado por furto simples, mas, por ter se entregado, vai responder ao processo em liberdade.

Um usuário de drogas se apresentou à Polícia Civil e confessou ter sido responsável pelo arrombamento ocorrido ontem de madrugada na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, em Carmópolis (Vale do Cotinguiba). O templo foi invadido e teve vários equipamentos de som furtados. Segundo o delegado de Carmópolis, Wanderson Bastos, os depoimentos do padre e do sacristão da paróquia, assim como as imagens das câmeras de segurança, foram fundamentais para a identificação do suspeito. 
Ainda de acordo com o delegado, o suspeito pediu perdão durante o depoimento e se dispor a entregar parte dos equipamentos roubados, como microfones e cabos, bem como a trabalhar na paróquia para pagar os prejuízos causados. A polícia apurou ainda que o usuário não teve dificuldades para invadir a igreja, que passa por reformas. O rapaz foi indiciado por furto simples, mas, por ter se entregado, vai responder ao processo em liberdade.