GACC recebe espetáculo do Festival Sergipano de Artes Cênicas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/04/2018 às 02:37:00

 

O Grupo de Apoio à Criança com Câncer de Sergipe (GACC/SE) recebeu na tarde da última terça-feira, 04, o monólogo "Boi de Barro e Fragmentos" da Companhia César Leite de Teatro. A peça faz parte da programação do IV Festival Sergipano de Artes Cênicas e abre a série de apresentações em instituições filantrópicas do estado. O evento, promovido pelo Governo de Sergipe através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), reúne apresentações diversas em mais de um mês de atividades.
Local escolhido para receber um dos espetáculos do Festival, o GACC atende a 61 crianças e adolescentes, conta com o apoio de 49 colaboradores em diversas áreas de atuação e 100 voluntários. "Esse acesso à cultura é muito importante para as nossas crianças que vivem hospitalizadas, tomando medicamentos constantemente e muitas vezes sofrem com diversos problemas. Nessa fase da infância e da adolescência é o período ideal para aprender sobre o nosso meio cultural", ressaltou a assistente social do GACC, Ana Eliza.
Ana Maria, mãe de Felipe Gabriel, participa sempre das atividades do GACC e salienta que o trabalho de imersão cultural é feito frequentemente pela Casa de Apoio. "Desde os dois anos de idade de Felipe, trago ele para cá. Aqui ele brinca e interage com outras crianças e ainda tem a oportunidade de aprender coisas novas. Hoje com a vinda desta peça, com certeza ele absorver boas experiências", salientou.
A peça - O espetáculo Boi de Barro Fragmentos é uma releitura de uma tese de mestrado, "O Alto do Boi", do professor de Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Ricardo Biriba. A história narra a vida de Mateus e Catirina. Catirina, grávida, tem um desejo estranho de comer a língua de um boi e Mateus, cego de paixão, mata o melhor boi do patrão e satisfaz o desejo da amada. Após o ato, Mateus foge para não ser castigado, mas depois de se arrepender ele tenta ressuscitar o boi de todas as formas.
O ator César Leite interpreta todos os personagens do monólogo e expõe diversas manifestações culturais de Sergipe. "A história é retratada em forma de teatro e dança, contando a realidade dos personagens. Fiz questão que todos que aparecem na peça lembrassem nossos parentes e irmãos sertanejos. O trabalho já tem 15 anos de existência e a população abraçou bastante", disse, lembrando que a peça já foi apresentada este ano pelo Festival Sergipano de Artes Cênicas, no último dia 28 de março, na cidade Indiaroba.
O Festival - Viabilizado através do Fundo de Desenvolvimento Cultural e Artístico (Funcart), o Festival de Artes Cênicas abriga também o Festival Sergipano de Teatro e a Semana de Dança. O evento tem como objetivo apoiar o artista, incentivar a produção cultural sergipana, a formação de plateia e garantir o direito de acesso à cultura, contemplando diversos gostos e faixas etárias.
Além dos espetáculos, o Festival contará com diversas palestras e oficinas gratuitas, voltadas especialmente para profissionais e interessados nas artes cênicas.
A programação completa e mais informações podem ser acompanhadas pelo site www.cultura.se.gov.br e pela página do Facebook: Secult Sergipe.

O Grupo de Apoio à Criança com Câncer de Sergipe (GACC/SE) recebeu na tarde da última terça-feira, 04, o monólogo "Boi de Barro e Fragmentos" da Companhia César Leite de Teatro. A peça faz parte da programação do IV Festival Sergipano de Artes Cênicas e abre a série de apresentações em instituições filantrópicas do estado. O evento, promovido pelo Governo de Sergipe através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), reúne apresentações diversas em mais de um mês de atividades.Local escolhido para receber um dos espetáculos do Festival, o GACC atende a 61 crianças e adolescentes, conta com o apoio de 49 colaboradores em diversas áreas de atuação e 100 voluntários. "Esse acesso à cultura é muito importante para as nossas crianças que vivem hospitalizadas, tomando medicamentos constantemente e muitas vezes sofrem com diversos problemas. Nessa fase da infância e da adolescência é o período ideal para aprender sobre o nosso meio cultural", ressaltou a assistente social do GACC, Ana Eliza.
Ana Maria, mãe de Felipe Gabriel, participa sempre das atividades do GACC e salienta que o trabalho de imersão cultural é feito frequentemente pela Casa de Apoio. "Desde os dois anos de idade de Felipe, trago ele para cá. Aqui ele brinca e interage com outras crianças e ainda tem a oportunidade de aprender coisas novas. Hoje com a vinda desta peça, com certeza ele absorver boas experiências", salientou.
A peça - O espetáculo Boi de Barro Fragmentos é uma releitura de uma tese de mestrado, "O Alto do Boi", do professor de Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Ricardo Biriba. A história narra a vida de Mateus e Catirina. Catirina, grávida, tem um desejo estranho de comer a língua de um boi e Mateus, cego de paixão, mata o melhor boi do patrão e satisfaz o desejo da amada. Após o ato, Mateus foge para não ser castigado, mas depois de se arrepender ele tenta ressuscitar o boi de todas as formas.
O ator César Leite interpreta todos os personagens do monólogo e expõe diversas manifestações culturais de Sergipe. "A história é retratada em forma de teatro e dança, contando a realidade dos personagens. Fiz questão que todos que aparecem na peça lembrassem nossos parentes e irmãos sertanejos. O trabalho já tem 15 anos de existência e a população abraçou bastante", disse, lembrando que a peça já foi apresentada este ano pelo Festival Sergipano de Artes Cênicas, no último dia 28 de março, na cidade Indiaroba.
O Festival - Viabilizado através do Fundo de Desenvolvimento Cultural e Artístico (Funcart), o Festival de Artes Cênicas abriga também o Festival Sergipano de Teatro e a Semana de Dança. O evento tem como objetivo apoiar o artista, incentivar a produção cultural sergipana, a formação de plateia e garantir o direito de acesso à cultura, contemplando diversos gostos e faixas etárias.
Além dos espetáculos, o Festival contará com diversas palestras e oficinas gratuitas, voltadas especialmente para profissionais e interessados nas artes cênicas.
A programação completa e mais informações podem ser acompanhadas pelo site www.cultura.se.gov.br e pela página do Facebook: Secult Sergipe.