Nova unidade de Radioterapia do Huse é aberta

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O novo equipamento que está instalado no Huse deve realizar cerca de 120 sessões de radioterapia por dia
O novo equipamento que está instalado no Huse deve realizar cerca de 120 sessões de radioterapia por dia

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 06/04/2018 às 06:30:00

 

O governador Jackson 
Barreto entregou, na 
manhã desta quinta-feira (05), a nova unidade de Radioterapia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Com a inauguração do bunker e do novo Acelerador Linear do Hospital de Urgência de Sergipe, a capacidade de atendimento será duplicada na unidade. Jackson também inaugurou o novo Centro de Nefrologia e Hemodiálise do Hospital de Urgência.
"Agradeci muito a Deus quando cheguei aqui hoje. De todas as obras que estou inaugurando no estado, nenhuma toca mais meu coração e consciência do que esta. A entrega desta obra é um sonho realizado, um hino de amor e respeito aos pacientes. O que estamos fazendo com essa inauguração é melhorar o atendimento das pessoas que precisam dos serviços do SUS. Aqui, o que nós temos que comemorar é a vitória do povo. Com dois aparelhos servindo diariamente a população, a gente duplica a capacidade de atendimento fazendo diminuir o sofrimento e a humilhação dessas pessoas, os nossos irmãos mais humildes que precisam do tratamento do SUS, aqui no Huse. Sempre trabalhei para construção e entrega dessa nova unidade de radioterapia. Estou muito feliz", declarou o governador.
Principal porta de entrada da saúde pública do estado, o Huse recebe pacientes de todo o território sergipano e de estados vizinhos e presta atendimentos de baixa, média e alta complexidade. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima, com o novo acelerador, a capacidade de atendimentos realizados no hospital passará de 70 para cerca de 140 por dia, além de diminuir o tempo de tratamento de cada paciente. "Hoje, são aproximadamente 275 pacientes aguardando para sessão de radioterapia, mas com a nova unidade serão cerca de 140 sessões diárias e nós estaremos, com fé em Deus, zerando essa fila".
A representante do Grupo Mulheres de Peito, Sheila Galba, comemorou a conquista. "Essa é uma luta que a gente tem há três anos. Fizemos esse pedido ao governo e ao secretário de Saúde na época. E graças a Deus, Zezinho Sobral, que era um secretário muito atuante, adquiriu esse novo aparelho, o acelerador linear, que hoje está sendo inaugurado. É um passo muito importante, claro que Sergipe precisa de mais aparelhos. Está previsto para esse ano, 5 mil novos casos de câncer só em Sergipe. Em Aracaju, serão 1.500 novos casos. É importante demais essa máquina. Estamos felizes".
Conforme a primeira secretária da Associação dos Amigos da Oncologia - AMO, Conceição Barreto, a entrega da nova unidade representa esperança aos pacientes. "A AMO recebe com grande alegria essa entrega. Para nós, que estamos no dia a dia, nessa luta contra o câncer, ver este novo aparelho nos trás felicidade e mais esperança, porque a esperança é a única que não morre", afirmou.
Para o governador o conjunto de investimentos feitos no Huse e, em especial, no setor de Oncologia, humaniza o atendimento. "Nós duplicamos o convênio com a Clinradi, para nossos pacientes não precisarem mais ir para Salvador, Arapiraca fazer tratamento. E com essa nova unidade, duplica-se o atendimento, ou seja, humaniza-se. Aqui no Huse, ainda estamos construindo uma área para um melhor acolhimento das pessoas com câncer. As pessoas que veem aqui passar o dia, fazer o tratamento, vão ter uma área especial para elas. Isso significa ter a compreensão e o respeito à pessoa, não deixar no sol, no calor, no abandono. Significa prestar um acolhimento mais humano e é isso que nós estamos fazendo".
Bunker e acelerador - A construção da obra física (bunker), necessária para que o novo acelerador funcione foi concluída em fins de 2017, o investimento na construção do bunker foi de R$ 2.129.997,03 (recursos do Ministério da Saúde). O bunker é a sala onde se instalou o segundo acelerador linear para o tratamento de Radioterapia do Huse. O acelerador foi adquirido pelo Ministério da Saúde e integra o Plano de Expansão do Ministério, através do Sistema Único de Saúde (SUS). Após a conclusão da obra física foram feitas as instalações mecânica, elétrica e eletrônica, passando então o acelerador linear à guarda e manutenção do Hospital.
O novo acelerador linear da radioterapia começou a ser operado em fase de teste em dezembro. O aparelho é um acelerador linear CX da Varian, com duas energias de fótons (para tumores mais profundos) e cinco energias de elétrons (para tumores mais superficiais). 
A física médica que atua no setor de Radioterapia do Huse, Katiúcia Bonfim, explicou que o novo equipamento tanto agiliza como reduz os efeitos colaterais no tratamento dos pacientes. "O equipamentos que chegaram facilitará e agilizará o tratamento dos pacientes. Com estes equipamentos, o próprio aparelho delimitará a região de tratamento, protegendo os órgãos adjacentes, sadios. Essa proteção que ocorre evita os efeitos colaterais que os pacientes poderão ter com o tratamento", relatou.

O governador Jackson  Barreto entregou, na  manhã desta quinta-feira (05), a nova unidade de Radioterapia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Com a inauguração do bunker e do novo Acelerador Linear do Hospital de Urgência de Sergipe, a capacidade de atendimento será duplicada na unidade. Jackson também inaugurou o novo Centro de Nefrologia e Hemodiálise do Hospital de Urgência.
"Agradeci muito a Deus quando cheguei aqui hoje. De todas as obras que estou inaugurando no estado, nenhuma toca mais meu coração e consciência do que esta. A entrega desta obra é um sonho realizado, um hino de amor e respeito aos pacientes. O que estamos fazendo com essa inauguração é melhorar o atendimento das pessoas que precisam dos serviços do SUS. Aqui, o que nós temos que comemorar é a vitória do povo. Com dois aparelhos servindo diariamente a população, a gente duplica a capacidade de atendimento fazendo diminuir o sofrimento e a humilhação dessas pessoas, os nossos irmãos mais humildes que precisam do tratamento do SUS, aqui no Huse. Sempre trabalhei para construção e entrega dessa nova unidade de radioterapia. Estou muito feliz", declarou o governador.
Principal porta de entrada da saúde pública do estado, o Huse recebe pacientes de todo o território sergipano e de estados vizinhos e presta atendimentos de baixa, média e alta complexidade. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima, com o novo acelerador, a capacidade de atendimentos realizados no hospital passará de 70 para cerca de 140 por dia, além de diminuir o tempo de tratamento de cada paciente. "Hoje, são aproximadamente 275 pacientes aguardando para sessão de radioterapia, mas com a nova unidade serão cerca de 140 sessões diárias e nós estaremos, com fé em Deus, zerando essa fila".
A representante do Grupo Mulheres de Peito, Sheila Galba, comemorou a conquista. "Essa é uma luta que a gente tem há três anos. Fizemos esse pedido ao governo e ao secretário de Saúde na época. E graças a Deus, Zezinho Sobral, que era um secretário muito atuante, adquiriu esse novo aparelho, o acelerador linear, que hoje está sendo inaugurado. É um passo muito importante, claro que Sergipe precisa de mais aparelhos. Está previsto para esse ano, 5 mil novos casos de câncer só em Sergipe. Em Aracaju, serão 1.500 novos casos. É importante demais essa máquina. Estamos felizes".
Conforme a primeira secretária da Associação dos Amigos da Oncologia - AMO, Conceição Barreto, a entrega da nova unidade representa esperança aos pacientes. "A AMO recebe com grande alegria essa entrega. Para nós, que estamos no dia a dia, nessa luta contra o câncer, ver este novo aparelho nos trás felicidade e mais esperança, porque a esperança é a única que não morre", afirmou.
Para o governador o conjunto de investimentos feitos no Huse e, em especial, no setor de Oncologia, humaniza o atendimento. "Nós duplicamos o convênio com a Clinradi, para nossos pacientes não precisarem mais ir para Salvador, Arapiraca fazer tratamento. E com essa nova unidade, duplica-se o atendimento, ou seja, humaniza-se. Aqui no Huse, ainda estamos construindo uma área para um melhor acolhimento das pessoas com câncer. As pessoas que veem aqui passar o dia, fazer o tratamento, vão ter uma área especial para elas. Isso significa ter a compreensão e o respeito à pessoa, não deixar no sol, no calor, no abandono. Significa prestar um acolhimento mais humano e é isso que nós estamos fazendo".
Bunker e acelerador - A construção da obra física (bunker), necessária para que o novo acelerador funcione foi concluída em fins de 2017, o investimento na construção do bunker foi de R$ 2.129.997,03 (recursos do Ministério da Saúde). O bunker é a sala onde se instalou o segundo acelerador linear para o tratamento de Radioterapia do Huse. O acelerador foi adquirido pelo Ministério da Saúde e integra o Plano de Expansão do Ministério, através do Sistema Único de Saúde (SUS). Após a conclusão da obra física foram feitas as instalações mecânica, elétrica e eletrônica, passando então o acelerador linear à guarda e manutenção do Hospital.
O novo acelerador linear da radioterapia começou a ser operado em fase de teste em dezembro. O aparelho é um acelerador linear CX da Varian, com duas energias de fótons (para tumores mais profundos) e cinco energias de elétrons (para tumores mais superficiais). 
A física médica que atua no setor de Radioterapia do Huse, Katiúcia Bonfim, explicou que o novo equipamento tanto agiliza como reduz os efeitos colaterais no tratamento dos pacientes. "O equipamentos que chegaram facilitará e agilizará o tratamento dos pacientes. Com estes equipamentos, o próprio aparelho delimitará a região de tratamento, protegendo os órgãos adjacentes, sadios. Essa proteção que ocorre evita os efeitos colaterais que os pacientes poderão ter com o tratamento", relatou.