Prefeitura tenta atrair alunos para o Freitas Brandão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/04/2018 às 06:45:00

 

A Prefeitura de Aracaju, por meio da secretaria municipal da Educação(Semed) informa que está aberta Chamada Pública, em vigor até esta sexta- feira,  para a matrícula de estudantes residentes no bairro Getúlio Vargas que desejam estaudar na Escola de Ensino Fundamental  General Freitas Brandão, localizada na rua Porto da Folha.
 A matrícula deverá ser feita pelo pai ou responsável legal na própria unidade de ensino e deve estar munido da documentação completa, das 8h às 17h. A iniciativa da Secretaria da Educação de Aracaju se dá pela baixa matrícula local da escola. 
A secretaria municipal da Educação de Aracaju explica, ainda, que caso não haja demanda  suficiente, encaminhará os estudantes matriculados às unidades de ensino próximas ou para as que têm transporte escolar. 
Audiência - A definição da Chamada Pública aconteceu em audiência pública realizada no último dia 28, no Ministério Público Estadual solicitada pela secretária da Educação de Aracaju, Cecília Leite e conduzida pelo promotor Cláudio Roberto Alberto de Sousa, da 6° Promotoria de Justiça dos Direitos do Cidadão com a presença de representantes dos pais. Na oportunidade, ficou definido o chamamento público para identificar a demanda do bairro Getúlio Vargas.

A Prefeitura de Aracaju, por meio da secretaria municipal da Educação(Semed) informa que está aberta Chamada Pública, em vigor até esta sexta- feira,  para a matrícula de estudantes residentes no bairro Getúlio Vargas que desejam estaudar na Escola de Ensino Fundamental  General Freitas Brandão, localizada na rua Porto da Folha.
 A matrícula deverá ser feita pelo pai ou responsável legal na própria unidade de ensino e deve estar munido da documentação completa, das 8h às 17h. A iniciativa da Secretaria da Educação de Aracaju se dá pela baixa matrícula local da escola. A secretaria municipal da Educação de Aracaju explica, ainda, que caso não haja demanda  suficiente, encaminhará os estudantes matriculados às unidades de ensino próximas ou para as que têm transporte escolar. 
Audiência - A definição da Chamada Pública aconteceu em audiência pública realizada no último dia 28, no Ministério Público Estadual solicitada pela secretária da Educação de Aracaju, Cecília Leite e conduzida pelo promotor Cláudio Roberto Alberto de Sousa, da 6° Promotoria de Justiça dos Direitos do Cidadão com a presença de representantes dos pais. Na oportunidade, ficou definido o chamamento público para identificar a demanda do bairro Getúlio Vargas.