Acusado por homicídios morre em confronto no Conjunto Jardim

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/04/2018 às 06:01:00

 

Na madrugada de ontem, uma ação conjunta do Complexo de Operações Policiais Especiais da Polícia Civil (COPE) com militares do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), culminou no confronto com um indivíduo conhecido como Valter Santos Santana Júnior, o "Júnior Valter", 24 anos. Ele seria autor de homicídios, além de colecionar várias passagens por outros delitos, como tráfico de drogas e posse de arma de fogo. O fato ocorreu no Conjunto Jardim, município de Nossa Senhora do Socorro.
A ocorrência foi registrada por volta da 1h30, após informações repassadas pelas equipes do Cope relatando sobre a localização do indivíduo, que estava na condição de foragido da justiça. Após diligências, policiais militares do BPRp se deslocaram até o local indicado, flagrando Júnior Valter, dando então voz de prisão. O acusado acabou entrando em confronto com os policiais, deflagrando vários tiros contra a guarnição. Na troca de tiros, o criminoso acabou sendo alvejado e encaminhado até o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), mas acabou não resistindo aos ferimentos, vindo a óbito. Com ele foi apreendido um revólver municiado.
De acordo com os policiais, Júnior Valter era ex-presidiário e possuía em seu desfavor, um mandado de prisão pelo crime de homicídio, além também de ser investigado por outros crimes. Ele estava envolvido no homicídio de cinco homens: Marcos José Lima (outubro/2011), Cássio Claudino da Silva (abril/2017), Wennio Santos Feitosa (junho/2017), Matheus Chagas Silva (março/2018) e José Carisvaldo da Paixão Santos (março/2018). Vale lembrar que os inquéritos deste ano são recentes, por isso ainda não estão concluídos.
Durante o velório de Júnior Valter, ontem de manhã, a polícia prendeu Everton Oliveira Santos, de 29 anos, cunhado de Júnior Valter. Havia um mandado de prisão contra ele por homicídio. Segundo o DHPP, Everton foi encaminhado para a 4ª Delegacia Metropolitana (4ª DM), no Augusto Franco.

Na madrugada de ontem, uma ação conjunta do Complexo de Operações Policiais Especiais da Polícia Civil (COPE) com militares do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), culminou no confronto com um indivíduo conhecido como Valter Santos Santana Júnior, o "Júnior Valter", 24 anos. Ele seria autor de homicídios, além de colecionar várias passagens por outros delitos, como tráfico de drogas e posse de arma de fogo. O fato ocorreu no Conjunto Jardim, município de Nossa Senhora do Socorro.
A ocorrência foi registrada por volta da 1h30, após informações repassadas pelas equipes do Cope relatando sobre a localização do indivíduo, que estava na condição de foragido da justiça. Após diligências, policiais militares do BPRp se deslocaram até o local indicado, flagrando Júnior Valter, dando então voz de prisão. O acusado acabou entrando em confronto com os policiais, deflagrando vários tiros contra a guarnição. Na troca de tiros, o criminoso acabou sendo alvejado e encaminhado até o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), mas acabou não resistindo aos ferimentos, vindo a óbito. Com ele foi apreendido um revólver municiado.
De acordo com os policiais, Júnior Valter era ex-presidiário e possuía em seu desfavor, um mandado de prisão pelo crime de homicídio, além também de ser investigado por outros crimes. Ele estava envolvido no homicídio de cinco homens: Marcos José Lima (outubro/2011), Cássio Claudino da Silva (abril/2017), Wennio Santos Feitosa (junho/2017), Matheus Chagas Silva (março/2018) e José Carisvaldo da Paixão Santos (março/2018). Vale lembrar que os inquéritos deste ano são recentes, por isso ainda não estão concluídos.
Durante o velório de Júnior Valter, ontem de manhã, a polícia prendeu Everton Oliveira Santos, de 29 anos, cunhado de Júnior Valter. Havia um mandado de prisão contra ele por homicídio. Segundo o DHPP, Everton foi encaminhado para a 4ª Delegacia Metropolitana (4ª DM), no Augusto Franco.