Iran apela a Edvaldo para que reajuste salários dos servidores

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 11/04/2018 às 06:04:00

 

Iran destacou a luta do magistério pela atualização do valor do piso salarial. Categoria teve assembleia nesta terça (foto)Iran destacou a luta do magistério pela atualização do valor do piso salarial. Categoria teve assembleia nesta terça (foto)O Vereador Iran Barbosa (PT) apelou, na manhã desta terça-feira, 10/4, ao Prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) para que dialogue com os sindicatos de servidores públicos e proceda com a revisão salarial das categorias, assim como atualize o valor do piso salarial do Magistério. Para Iran,  o prefeito precisa dizer qual a política salarial que será aplicada aos trabalhadores do serviço público municipal e como garantirá o cumprimento da Lei do Piso do Magistério.
"Não podemos assistir a um segundo ano sem essas tratativas. Já estamos no mês de abril e os servidores públicos do município de Aracaju continuam sem resposta. Também não podemos aceitar uma repetição da gestão de João Alves Filho, onde foram quatro anos sob a política do anúncio, que para mim é política autoritária. Um governo democrático não faz anúncio de reajuste, faz negociação. E negociação não se faz da noite para o dia. Envolve tempo para que as partes se sentem, dialoguem e cheguem a um bom termo no processo de negociação", declarou o parlamentar.

Iran destacou a luta do magistério pela atualização do valor do piso salarial. Categoria teve assembleia nesta terça (foto)Iran destacou a luta do magistério pela atualização do valor do piso salarial. Categoria teve assembleia nesta terça (foto)O Vereador Iran Barbosa (PT) apelou, na manhã desta terça-feira, 10/4, ao Prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) para que dialogue com os sindicatos de servidores públicos e proceda com a revisão salarial das categorias, assim como atualize o valor do piso salarial do Magistério. Para Iran,  o prefeito precisa dizer qual a política salarial que será aplicada aos trabalhadores do serviço público municipal e como garantirá o cumprimento da Lei do Piso do Magistério.
"Não podemos assistir a um segundo ano sem essas tratativas. Já estamos no mês de abril e os servidores públicos do município de Aracaju continuam sem resposta. Também não podemos aceitar uma repetição da gestão de João Alves Filho, onde foram quatro anos sob a política do anúncio, que para mim é política autoritária. Um governo democrático não faz anúncio de reajuste, faz negociação. E negociação não se faz da noite para o dia. Envolve tempo para que as partes se sentem, dialoguem e cheguem a um bom termo no processo de negociação", declarou o parlamentar.