Sindicatos do funcionalismo público estadual realizam seminário sobre previdência

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/04/2018 às 08:11:00

 

Nesta sexta-feira, a partir das 8h no auditório do Sindifisco, acontece o seminário "Resistência frente a tentativa em acabar com os direitos previdenciários da classe trabalhadora", a iniciativa é dos sindicatos que representam as diversas categorias de servidores públicos estaduais. O Sindifisco está localizado à Rua jornalista João Batista de Santana, 1914, Coroa do Meio
Para tratar do assunto foram convidados: Charles Johnson da Silva Alcântara, presidente da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital - FENAFISCO, Luís Moura, supervisor técnico do DIEESE e Mirelli Malaguiti professora do Núcleo de Estudos Internacional da UFRJ e especialista em previdência.
"Mesmo com a retirada da PEC 287 de pauta no Congresso Nacional o tema da previdência não vai deixar de ser discutido e debatido pelos servidores públicos estaduais. Até porque não podemos perder de vista que a previdência estadual tem problemas", aponta o presidente da CUT/SE, professor Rubens Marques (prof. Dudu).
A CUT/SE tem feito o debate, principalmente através do SINTESE, sobre a questão previdenciária estadual em agosto do ano passado, inclusive, apresentou estudo de viabilidade para a capitalização do fundo previdenciário estadual
"Apresentamos estudo no qual apontamos a viabilidade do processo de capitalização do Fundo de Previdência. O movimento sindical mostra que há sim saída, que há sim com capitalizar o Fundo Previdenciário de Sergipe", diz Roberto Silva dos Santos, vice-presidente do Sintese.

Nesta sexta-feira, a partir das 8h no auditório do Sindifisco, acontece o seminário "Resistência frente a tentativa em acabar com os direitos previdenciários da classe trabalhadora", a iniciativa é dos sindicatos que representam as diversas categorias de servidores públicos estaduais. O Sindifisco está localizado à Rua jornalista João Batista de Santana, 1914, Coroa do Meio
Para tratar do assunto foram convidados: Charles Johnson da Silva Alcântara, presidente da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital - FENAFISCO, Luís Moura, supervisor técnico do DIEESE e Mirelli Malaguiti professora do Núcleo de Estudos Internacional da UFRJ e especialista em previdência.
"Mesmo com a retirada da PEC 287 de pauta no Congresso Nacional o tema da previdência não vai deixar de ser discutido e debatido pelos servidores públicos estaduais. Até porque não podemos perder de vista que a previdência estadual tem problemas", aponta o presidente da CUT/SE, professor Rubens Marques (prof. Dudu).
A CUT/SE tem feito o debate, principalmente através do SINTESE, sobre a questão previdenciária estadual em agosto do ano passado, inclusive, apresentou estudo de viabilidade para a capitalização do fundo previdenciário estadual
"Apresentamos estudo no qual apontamos a viabilidade do processo de capitalização do Fundo de Previdência. O movimento sindical mostra que há sim saída, que há sim com capitalizar o Fundo Previdenciário de Sergipe", diz Roberto Silva dos Santos, vice-presidente do Sintese.