Técnicos fazem segredo e não abrem o jogo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
No primeiro jogo em Itabaiana deu empate em 1x1. Hoje as duas equipes voltam a campo, na busca do título estadual
No primeiro jogo em Itabaiana deu empate em 1x1. Hoje as duas equipes voltam a campo, na busca do título estadual

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 13/04/2018 às 22:55:00

 

Dificilmente o torcedor de Sergipe e Itabaiana vai saber a formação das equipes para a decisão deste sábado. O treinador Elias Borges trabalhou o Sergipe a semana toda. O mesmo aconteceu com o treinador Leandro Campos, mas nenhum dos dois quer entregar o jogo antes da hora e não falam sobre esquema e formação das equipes.
No Itabaiana sabe-se que o time estará completo. O técnico Leandro Campos, contará com peças importantes com os zagueiros Diego Bispo e Hugo, e mais o atacante Douglas. Até o zagueiro Ramon Baiano está recuperado. 
No Sergipe, um segredo guardado a sete chaves é a presença do atacante Nino Guerreiro. Ausente do primeiro jogo, o atacante está recuperado e em condições de participar do jogo. Mas sua presença no jogo ainda é uma incógnita.
Será o jogo da melhor defesa, a do Itabaiana com quatro gols, contra o melhor ataque que é o do SergIpe com 22 gols. 
Apesar de esconder o jogo, o treinador Elias Borges sabe que terá a força máxima e colocará em campo essa formação: Jean, Rhuan, Cláudio Baiano, Heverton e Marinho Donizete; Brendon, Diego Paulista, Ramalho, Carlinhos (Natan) e Diogo; Nino Guerreiro.
- Não temos o que mudar, no meu modo de ver. Precisamos estar ainda mais concentrados porque final se decide em detalhes, se trata de um clássico também. Então precisamos manter a atenção durante os 90 minutos - comentou o lateral Marinho Donizete.
No Itabaiana o técnico Leandro Campos também não deve mexer muito na equipe que empatou no Etelvino Mendonça. O zagueiro Ramon Baiano, que esteve lesionado, pode voltar ao time titular. Com isso, o Tricolor da Serra deve começar a partida com: Andrade, Gustavo, Diego Bispo, Hugo (Ramon Baiano) e Juninho; Eduardo, Mica, Igor Alves e Ratinho; Paulinho Macaíba e Anderson Grafite (Douglas).
- Aqui todos estão bem confiantes para a decisão. O técnico nos pediu muita garra, muita vontade, até porque,decisão pede isso, treinamos um pouco de tudo, variações táticas, bolas paradas, semana muito proveitosa tivemos- afirmou o lateral Juninho.
O alagoano Francisco Carlos Nascimento será o árbitro da partida, tendo como assistentes, os também alagoanos Pedro Jorge S. Araújo e Esdras Mariano Albuquerque. Os sergipanos Thayslane Melo Costa e Marcel Phillipe Martins serão os árbitros auxiliares.

Dificilmente o torcedor de Sergipe e Itabaiana vai saber a formação das equipes para a decisão deste sábado. O treinador Elias Borges trabalhou o Sergipe a semana toda. O mesmo aconteceu com o treinador Leandro Campos, mas nenhum dos dois quer entregar o jogo antes da hora e não falam sobre esquema e formação das equipes.
No Itabaiana sabe-se que o time estará completo. O técnico Leandro Campos, contará com peças importantes com os zagueiros Diego Bispo e Hugo, e mais o atacante Douglas. Até o zagueiro Ramon Baiano está recuperado. 
No Sergipe, um segredo guardado a sete chaves é a presença do atacante Nino Guerreiro. Ausente do primeiro jogo, o atacante está recuperado e em condições de participar do jogo. Mas sua presença no jogo ainda é uma incógnita.Será o jogo da melhor defesa, a do Itabaiana com quatro gols, contra o melhor ataque que é o do SergIpe com 22 gols. 
Apesar de esconder o jogo, o treinador Elias Borges sabe que terá a força máxima e colocará em campo essa formação: Jean, Rhuan, Cláudio Baiano, Heverton e Marinho Donizete; Brendon, Diego Paulista, Ramalho, Carlinhos (Natan) e Diogo; Nino Guerreiro.
- Não temos o que mudar, no meu modo de ver. Precisamos estar ainda mais concentrados porque final se decide em detalhes, se trata de um clássico também. Então precisamos manter a atenção durante os 90 minutos - comentou o lateral Marinho Donizete.
No Itabaiana o técnico Leandro Campos também não deve mexer muito na equipe que empatou no Etelvino Mendonça. O zagueiro Ramon Baiano, que esteve lesionado, pode voltar ao time titular. Com isso, o Tricolor da Serra deve começar a partida com: Andrade, Gustavo, Diego Bispo, Hugo (Ramon Baiano) e Juninho; Eduardo, Mica, Igor Alves e Ratinho; Paulinho Macaíba e Anderson Grafite (Douglas).
- Aqui todos estão bem confiantes para a decisão. O técnico nos pediu muita garra, muita vontade, até porque,decisão pede isso, treinamos um pouco de tudo, variações táticas, bolas paradas, semana muito proveitosa tivemos- afirmou o lateral Juninho.
O alagoano Francisco Carlos Nascimento será o árbitro da partida, tendo como assistentes, os também alagoanos Pedro Jorge S. Araújo e Esdras Mariano Albuquerque. Os sergipanos Thayslane Melo Costa e Marcel Phillipe Martins serão os árbitros auxiliares.