Nelson Rodrigues em Aracaju

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O ANJO PORNOGRÁFICO COM A INSEPARÁVEL MÁQUINA DE ESCREVER TESTEMUNHA DE SUA GENIALIDADE
O ANJO PORNOGRÁFICO COM A INSEPARÁVEL MÁQUINA DE ESCREVER TESTEMUNHA DE SUA GENIALIDADE

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 02/10/2012 às 15:19:00

Um empresário que, numa jogada de marketing, prefere permanecer por enquanto no anonimato, viabiliza a primeira montagem de uma peça de Nelson Rodrigues em Aracaju, ele que é o maior dramaturgo da história do teatro brasileiro, iconoclasta e demolidor. Trata-se de "A Mulher sem Pecado", que há cerca de cinco anos foi apresentada no Teatro Atheneu em forma de leitura dramática, com direção do saudoso César Macieira. Foi quase uma montagem, em se considerando que César usou recursos de iluminação, cenografia e figurinos, arrancando calorosos aplausos da plateia em noite memorável.

Quando Nelson nasceu, com todo descaramento, já tinha sete anos de idade. Nessa idade, escreveu uma fábula obscena que foi uma antecipação de "A Vida como Ela É". Um adultério feroz. No fim, o marido enganado descascava a carótida da infiel para chupá-la com laranja. A partir de então, o Nelson Rodrigues instalou-se naquele garoto precoce para sempre, com ignóbil lascívia, como ele mesmo afirmou, acrescentando: "A santa professora dava arrancos de cachorro atropelado."

Vinte e um de dezembro de 1980. Após uma longa agonia, ligado a aparelhos numa clínica no Rio, os velhos pulmões de Nelson param de respirar. Ninguém viu, mas o Anjo Pornográfico levantou-se do corpo sem vida. Desceu até a esquina e chorou lágrimas de esguincho, sentado no meio-fio. Levantou-se de novo, enxugou as lágrimas. Um riso sem-vergonha como o de uma velha prostituta, clareou o rosto escuro. Não era dele aquela frase: "O homem é triste por que vive?" Então o Anjo abriu as asas negras, sobrevoou o Pão de Açúcar e sumiu no espaço.

Logo, ele estará chegando a Aracaju, o que deixa uma certa suspeita: é ele, em pessoa, que está por aí, no ano do seu centenário, agitando a onda rodriguiana que agita o país. E Aracaju não poderia ficar de fora dessa agitação.

Geleia Geral
... Quem participou de um Congresso espírita realizado recentemente em Aracaju, teve que desembolsar a "bagatela" de 50 reais, o que nos leva a crer que comercializar com as coisas ditas "do espírito" é sempre um bom negócio. Ou não?... Dolorosa interrogação.

... Jorge Lins, com a produção de dois musicais seguidos e com características megalomaníacas ("O Anjo Safado" e "Guevara") está sendo apontado como o "rei dos musicais" em plagas sergipanas/africanas. Faz por merecer festa de coroação no próximo carnaval. Com toda pompa e circunstância a que têm direito todos os monarcas...

... A atriz Walmir Sandes está na programação do projeto Palco Giratório, do SESC, com a minha peça "Brigite Confidencial", o seu carro-chefe desde 1995. Record absoluto da grande dama do teatro sergipano.

... Lázaro Ramos como galã no folhetim global "Lado a lado" é, como diria o ex-presidente Fernando Collor de Mello, um "chute naquilo roxo". E como dói!...

Crescimento
"Eu cresci. Não quero mais que as pessoas se vistam como eu me visto... quero que elas pensem como eu penso". - Madonna - cantora e atriz, pág. 158 do livro homônimo, editora Escala - primeira edição.