Saumíneo destaca internacionalização da Unit

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Saumíneo Nascimento está na superintendência da Unit
Saumíneo Nascimento está na superintendência da Unit

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/04/2018 às 05:18:00

 

Pelos próximos seis meses, a Superintendência Ge-
ral do Grupo Tiradentes ficará sob o comando de 
Saumíneo da Silva Nascimento. Natural do município sergipano de Japaratuba, o economista, mestre e doutor em Geografia, com pós-doutorado em Ciência da Propriedade Intelectual, foi convidado pela instituição para assumir provisoriamente o cargo. Conhecido em toda a região Nordeste devido as suas passagens pela diretoria da Sudene, presidência do Banese, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de Sergipe e Superintendência do Banco do Nordeste em Sergipe, o especialista responde pelo atual cargo desde o último dia 02 de abril.
Neste período, o qual estará substituindo Professor Jouberto Uchoa de Mendonça Junior, que estará desenvolvendo outras atividades estratégicas da família Uchôa de Mendonça, a meta é garantir a continuidade integral das ações progressistas já desenvolvidas pela instituição, bem como fortalecer e implantar os projetos destinados para este ano de 2018. Confira a entrevista concedida por Saumíneo ao Jornal do Dia:

Pelos próximos seis meses, a Superintendência Ge- ral do Grupo Tiradentes ficará sob o comando de  Saumíneo da Silva Nascimento. Natural do município sergipano de Japaratuba, o economista, mestre e doutor em Geografia, com pós-doutorado em Ciência da Propriedade Intelectual, foi convidado pela instituição para assumir provisoriamente o cargo. Conhecido em toda a região Nordeste devido as suas passagens pela diretoria da Sudene, presidência do Banese, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de Sergipe e Superintendência do Banco do Nordeste em Sergipe, o especialista responde pelo atual cargo desde o último dia 02 de abril.
Neste período, o qual estará substituindo Professor Jouberto Uchoa de Mendonça Junior, que estará desenvolvendo outras atividades estratégicas da família Uchôa de Mendonça, a meta é garantir a continuidade integral das ações progressistas já desenvolvidas pela instituição, bem como fortalecer e implantar os projetos destinados para este ano de 2018. Confira a entrevista concedida por Saumíneo ao Jornal do Dia:

 

JD - Como surgiu o convite para ser o Superintendente Geral do Grupo Tiradentes?

 

SN - Eu estava desde janeiro/2018 como o Superintendente Administrativo e Financeiro do Grupo Tiradentes e recentemente, no mês passado, recebi o honrado convite para substituir por 6 (seis) meses, o Superintendente Geral, Prof.  Jouberto Uchoa de Mendonça Junior, que estará desenvolvendo outras atividades estratégicas da família Uchôa de Mendonça. Estou nesta condição desde o dia 02/04/2018. Sinto-me muito honrado e comprometido para atender as expectativas da família durante esta minha gestão, a qual tenho a consciência dos desafios e a expectativa de contar com o apoio dos sócios, funcionários e demais colaboradores.

 

JD - Quais os principais desafios neste período?

 

SN - Fazer cumprir o Planejamento Estratégico do Grupo Tiradentes e, de forma especial, o Plano de Trabalho deste ano de 2018.  Destacando sempre a missão de inspirar as pessoas a ampliar horizontes e para isso trabalhamos para que enquanto grupo educacional estejamos sendo sempre reconhecidos pela qualidade dos nossos serviços e pela perspectiva de empregabilidade dos nossos alunos e egressos.

 

Por isso que os valores da ética, cooperação, humildade, inovação, responsabilidade social e valorização do ser humano são praticados aperfeiçoadas diariamente. Estes valores estão presentes no semear que estamos desenvolvendo para que o modelo educacional do Grupo Tiradentes seja o que atende as expectativas dos nossos alunos e o mercado de trabalho.

 

JD - Como fazer isso acontecer?

 

SN - Investindo na disciplina estratégica que já vem sendo amadurecida no modelo de gestão, por isso que iremos investir em fundamentos que permitam a geração de diferenciais competitivos e o crescimento sustentável  construído com projetos e iniciativas estratégicas que consolidem o fortalecimento do compromisso com a qualidade e a inovação, além da internacionalização educacional do Grupo Tiradentes. Este desafio é maior por conta de que na Região Nordeste ainda se encontra   elevado número de pessoas fora do ensino superior e que poderão ser incluídas no sistema privado através das linhas de financiamentos existentes e iremos buscar o aprimoramento.Registro ainda que o foco principal de nosso trabalho será a implementação de políticas e boas práticas voltadas para a garantia da qualidade do nosso ensino, teremos um painel de acompanhamento do controle da qualidade acadêmica.  Queremos que os alunos da Universidade Tiradentes mantenham a trajetória de sentimento de orgulho pelo diploma conseguido na instituição.

Vale registrar que estamos construindo uma política institucional de capital humano para o Grupo Tiradentes em prol do desenvolvimento dos colaboradores, estimulando iniciativas que visem a melhoria do bem-estar de cada funcionário, técnico administrativo e docente, no desenvolvimento de suas atividades.

 

JD - Como está estruturado o modelo educacional Tiradentes?

 

SN - Temos matrizes educacionais que orientam as atividades de graduação, pesquisa e extensão, levando-se em conta a diferenciação pela qualidade. O nosso foco é a aprendizagem dos estudantes, pressupondo o fortalecimento da atuação docente a implantação de um sistema de gestão da aprendizagem para as unidades acadêmicas do Grupo Tiradentes.  Queremos ser o melhor Grupo Educacional privado do Nordeste e um dos melhores do Brasil, investindo em qualidade e trabalhando um ambicioso processo de internacionalização.

 

JD - E como estão os cursos de mestrado e doutorado do Grupo Tiradentes?

 

SN - Atualmente temos 374 alunos fazendo mestrado e doutorado e, mais 14 alunos realizando estágio de Pós-Doutoramento.  Os programas de mestrado e doutorado do Grupo Tiradentes estão na área de: biotecnologia, ciências sociais, direito, educação, engenharia e saúde e meio ambiente. Nos últimos quatro anos os professores e alunos publicaram cerca de 950 artigos qualificados, muitos em outro idioma; também foram publicados entre livros e capítulos de livros 517 edições e também uma boa parte em outros idiomas, o que demonstra a força dos programas de mestrado e doutorado do Grupo Tiradentes.[

 

JD - Como está a Internacionalização no Grupo Tiradentes?

 

SN - O processo de internacionalização do Grupo Tiradentes se dá através da disseminação da cultura internacional na comunidade acadêmica por meio de um calendário de atividades internacionais, atendimento bilíngue, sinalização do campus e website trilíngue e campanhas de marketing, projetos que estão em andamento. Em projeto desse envolve enviar professores estudantes para o exterior, receber professores e estudantes de outros países, fazer pesquisas em conjunto, incorporar os procedimentos metodológicos globais e isto tudo resulta em status para os nossos alunos e melhoria dos cursos. O trabalho visa propiciar experiências internacionais para a comunidade acadêmica.

 

Cabe destacar que temos uma coordenadoria de relações internacionais, sendo que estamos com um dos coordenadores em Boston - Estados Unidos, estruturando as ações do Tiradentes Institute, bem como uma Profa. Realizando estágio de Pós-Doutoramento em Boston e que ainda este ano, teremos muitas novidades e opções de estudos viabilizado pelo Tiradentes Institute.

 

O Grupo Tiradentes de Educação reconhece na internacionalização um fator preponderante no desenvolvimento do ensino e da pesquisa. Por isso, entende ser necessário propiciar aos seus estudantes, docentes e técnicos administrativos uma formação que contemple as diversas realidades culturais e sociais do mundo atual.