Governo empossa cinco novos procuradores do Estado

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Aspecto da cerimônia de posse dos novos procuradores
Aspecto da cerimônia de posse dos novos procuradores

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/04/2018 às 00:00:00

 

Cinco novos procurado
res do Estado foram 
empossados pelo governador Belivaldo Chagas nesta segunda-feira (16). Alexandre Augusto Rocha Soares, André Borges Coelho de Miranda Freire, Fernando Costa Santos Bezerra, Laís Nunes de Oliveira e Maria Tereza Targino Hora foram aprovados no último concurso público realizado pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), e pela Procuradoria Geral do Estado (PGE-SE) em 2017. 
Belivaldo declarou que a posse dos novos procuradores oxigenará a PGE. "Isso é muito bom. Afinal de contas, foi detectada a necessidade de termos mais procuradores, por tanto, o quadro na Procuradoria. O governador Jackson Barreto havia autorizado o concurso, o pessoal foi aprovado e havia, assim, a necessidade de empossá-los, o que fizemos na manhã de hoje. São mais cinco jovens que estarão oxigenando a Procuradoria, trazendo um pouco da sua juventude para se somar a experiência dos que lá se encontram. Eu tenho certeza absoluta, que o estado é quem sai ganhando com isso", falou Belivaldo.
O governador ainda ressaltou o valor da PGE e seus membros para gestão estadual.  "A Procuradoria é composta de brilhantes e responsáveis profissionais. É bom quando observamos jovens ingressando nesta instituição para se somar aos experientes procuradores que temos em Sergipe. Precisamos de bons procuradores na defesa do interesses do estado, para que apresentem também sugestões para que possamos continuar a administrar o estado de Sergipe. Sem o apoio da Procuradoria fica difícil, principalmente nos dias de hoje, no qual ser governador não é fácil. Quero agradecer pelo trabalho desempenhado na PGE na nossa gestão. E como disse a doutora Aparecida quando da sua posse: vamos ao trabalho", disse.
O certame ofertou cinco vagas, sendo quatro de ampla concorrência e uma reservada aos candidatos com deficiência, e foi realizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos Universidade de Brasília (Cebraspe/Cespe). Houve formação de reserva técnica e mais aprovados podem ser convocados até a validade do concurso, de dois anos.
Segundo a procuradora-geral do Estado, Aparecida Gama, a posse dos novos procuradores é muito importante para o Estado. "O governo do Estado precisa de um escritório de advocacia completo, eficiente e responsável. E nós somos a advocacia pública do Estado. O momento é de alegria, de reconhecimento pelo concurso. Há anos que não tínhamos concurso. Foi uma vitória e nós estamos muitos felizes. Esperamos que os novos procuradores, que são jovens, cheguem com garra, porque conhecimento jurídico eles têm", comentou.

Cinco novos procurado res do Estado foram  empossados pelo governador Belivaldo Chagas nesta segunda-feira (16). Alexandre Augusto Rocha Soares, André Borges Coelho de Miranda Freire, Fernando Costa Santos Bezerra, Laís Nunes de Oliveira e Maria Tereza Targino Hora foram aprovados no último concurso público realizado pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), e pela Procuradoria Geral do Estado (PGE-SE) em 2017. 
Belivaldo declarou que a posse dos novos procuradores oxigenará a PGE. "Isso é muito bom. Afinal de contas, foi detectada a necessidade de termos mais procuradores, por tanto, o quadro na Procuradoria. O governador Jackson Barreto havia autorizado o concurso, o pessoal foi aprovado e havia, assim, a necessidade de empossá-los, o que fizemos na manhã de hoje. São mais cinco jovens que estarão oxigenando a Procuradoria, trazendo um pouco da sua juventude para se somar a experiência dos que lá se encontram. Eu tenho certeza absoluta, que o estado é quem sai ganhando com isso", falou Belivaldo.
O governador ainda ressaltou o valor da PGE e seus membros para gestão estadual.  "A Procuradoria é composta de brilhantes e responsáveis profissionais. É bom quando observamos jovens ingressando nesta instituição para se somar aos experientes procuradores que temos em Sergipe. Precisamos de bons procuradores na defesa do interesses do estado, para que apresentem também sugestões para que possamos continuar a administrar o estado de Sergipe. Sem o apoio da Procuradoria fica difícil, principalmente nos dias de hoje, no qual ser governador não é fácil. Quero agradecer pelo trabalho desempenhado na PGE na nossa gestão. E como disse a doutora Aparecida quando da sua posse: vamos ao trabalho", disse.
O certame ofertou cinco vagas, sendo quatro de ampla concorrência e uma reservada aos candidatos com deficiência, e foi realizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos Universidade de Brasília (Cebraspe/Cespe). Houve formação de reserva técnica e mais aprovados podem ser convocados até a validade do concurso, de dois anos.
Segundo a procuradora-geral do Estado, Aparecida Gama, a posse dos novos procuradores é muito importante para o Estado. "O governo do Estado precisa de um escritório de advocacia completo, eficiente e responsável. E nós somos a advocacia pública do Estado. O momento é de alegria, de reconhecimento pelo concurso. Há anos que não tínhamos concurso. Foi uma vitória e nós estamos muitos felizes. Esperamos que os novos procuradores, que são jovens, cheguem com garra, porque conhecimento jurídico eles têm", comentou.