A incógnita da oposição

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Durante lançamento da pré-candidatura de Ibraim Monteiro (PSC) a deputado estadual, em Lagarto, o presidente estadual do PT, Rogério Carvalho, foi muito cordial com o líder do governo Temer no Congresso, deputado André Moura (PSC). Não poupou elogios ao s
Durante lançamento da pré-candidatura de Ibraim Monteiro (PSC) a deputado estadual, em Lagarto, o presidente estadual do PT, Rogério Carvalho, foi muito cordial com o líder do governo Temer no Congresso, deputado André Moura (PSC). Não poupou elogios ao s

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/04/2018 às 00:02:00

 

Já estamos na segunda semana de 
abril e ainda não teve avanços com 
relação à composição de chapas majoritárias para as eleições deste ano. Hoje, 17 de abril, só tem três pré-candidatos a governador já definidos: Belivaldo Chagas (PSD), Dr Emerson (Rede) e Mendonça Prado (DEM).
Ainda há uma incógnita se Valadares Filho (PSB) e Eduardo Amorim (PSDB) serão mesmo pré-candidatos a governador. Ainda não teve um anúncio oficial da pré-candidatura dos dois nesta altura do campeonato.
O prazo do PSB sempre foi este mês de abril para definição do candidato majoritário. Já a do agrupamento político do senador Eduardo Amorim (PSDB) e do deputado federal André Moura (PSC), foi anunciado que o lançamento da chapa ocorreria em janeiro, depois passou para fevereiro, março e agora até o final de abril.
No caso do PSB ainda especula-se que o partido pode compor com a Rede. Já no caso do agrupamento de André e Eduardo, as especulações ainda são em torno de quem será candidato a que, apesar do mais provável é que o senador dispute o governo e o deputado o Senado.
Em comum nessas pré-candidaturas é que os pré-candidatos e os prováveis pré-candidatos majoritários só tem um nome para o Senado definido. No caso de Belivaldo Chagas o único nome fechado por consenso é o do ex-governador Jackson Barreto (MDB). Pleiteiam a segunda vaga o PT, para o presidente estadual Rogério Carvalho, e o PRB, que quer a vaga para o ex-deputado federal Heleno Silva.
No caso de Dr. Emerson a única vaga definida para o Senado é o do delegado Alessandro Vieira. Valadares Filho sendo mesmo candidato, a única vaga definida é a do senador Valadares (PSB) que vai para a reeleição. No agrupamento de André e Eduardo, um será candidato a senador e o outro a governador.
Esses pré-candidatos também ainda não têm um vice ainda definido, que deve somente ser fechado na época das convenções partidárias para fechar as alianças.
Mendonça Prado é o único dos pré-candidatos a governador que ainda não tem pré-candidato a senador nem a vice. Está esperando ver o que sobra para composição.
Agora é aguardar o final de abril chegar para ver a posição oficial do PSB e do agrupamento político do PSDB/PSC.

Já estamos na segunda semana de  abril e ainda não teve avanços com  relação à composição de chapas majoritárias para as eleições deste ano. Hoje, 17 de abril, só tem três pré-candidatos a governador já definidos: Belivaldo Chagas (PSD), Dr Emerson (Rede) e Mendonça Prado (DEM).
Ainda há uma incógnita se Valadares Filho (PSB) e Eduardo Amorim (PSDB) serão mesmo pré-candidatos a governador. Ainda não teve um anúncio oficial da pré-candidatura dos dois nesta altura do campeonato.
O prazo do PSB sempre foi este mês de abril para definição do candidato majoritário. Já a do agrupamento político do senador Eduardo Amorim (PSDB) e do deputado federal André Moura (PSC), foi anunciado que o lançamento da chapa ocorreria em janeiro, depois passou para fevereiro, março e agora até o final de abril.
No caso do PSB ainda especula-se que o partido pode compor com a Rede. Já no caso do agrupamento de André e Eduardo, as especulações ainda são em torno de quem será candidato a que, apesar do mais provável é que o senador dispute o governo e o deputado o Senado.
Em comum nessas pré-candidaturas é que os pré-candidatos e os prováveis pré-candidatos majoritários só tem um nome para o Senado definido. No caso de Belivaldo Chagas o único nome fechado por consenso é o do ex-governador Jackson Barreto (MDB). Pleiteiam a segunda vaga o PT, para o presidente estadual Rogério Carvalho, e o PRB, que quer a vaga para o ex-deputado federal Heleno Silva.
No caso de Dr. Emerson a única vaga definida para o Senado é o do delegado Alessandro Vieira. Valadares Filho sendo mesmo candidato, a única vaga definida é a do senador Valadares (PSB) que vai para a reeleição. No agrupamento de André e Eduardo, um será candidato a senador e o outro a governador.
Esses pré-candidatos também ainda não têm um vice ainda definido, que deve somente ser fechado na época das convenções partidárias para fechar as alianças.
Mendonça Prado é o único dos pré-candidatos a governador que ainda não tem pré-candidato a senador nem a vice. Está esperando ver o que sobra para composição.
Agora é aguardar o final de abril chegar para ver a posição oficial do PSB e do agrupamento político do PSDB/PSC.

 

Valadares Filho

Ontem, em conversa com a coluna, Valadares Filho (PSB) reafirmou que está animado com a sua pré-candidatura a governador e que já tem sete partidos o apoiando.  "Estou em plena construção de pré-candidatura. As conversas estão ocorrendo com muita descrição. Vamos formar uma chapa majoritária com aliança coerente, que representa renovação, eficiência administrativa e uma nova geração política chegando ao governo".

 

Aliança

Valadares Filho não descartou uma aliança com a Rede, enfatizando que ele tem uma boa relação política com Dr Emerson e que o seu partido a nível nacional também tem uma relação boa com a Rede.

 

Contra André

O pré-candidato a governador do PSB descartou uma aliança com o deputado federal André Moura (PSC) e Eduardo Amorim (PSDB). "A condução feita por André Moura nós não fazemos parte. Ele é líder do governo Temer, que o PSB faz oposição ferrenha, que está atolado em corrupção, é um governo investigado. O partido vai combater com Joaquim Barbosa. Nada pessoal contra André, mas esse não é o caminho a ser seguido por ser André o condutor".  

 

Cobrando posição do eleitor 1

Do ex-ministro e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Britto, sobre parlamentares que estão sendo investigados ou respondem a algum ato de improbidade administrativa e vão disputar as eleições este ano: "É hora de quem vota já começar a pensar num voto responsável e criterioso, porque o castigo político para o político pode não vir da justiça, mas da repulsa do eleitor".

 

Cobrando posição do eleitor 2

Disse ainda o ex-ministro sergipano a imprensa nacional: "Está sendo processado não significa que já foi condenado, mas é bom atentar. O eleitor não espere pela justiça não, faça cobrança da qualidade dos candidatos por contra  própria. Vida pregressa não é vida futura, é vida passada. Quem não tiver um passado ético não pode ter futuro político. Isso é um apelo que a Constituição faz aos eleitores. O eleitor não pode tirar por menos senão ele vai ser mais do que vitima, vai ser cúmplice".

 

Ponto de vista  

Do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) sobre o pleito deste ano: "Essa eleição tem que ser marcada pela coerência, honestidade, capacidade e competência dos candidatos. Nomes sujos com discurso limpo não passarão!".

 

No Palácio

O ex-governador Jackson Barreto voltou ontem ao Palácio de Despachos para a posse dos novos procuradores do Estado. Chegou mais cedo e conversou bastante com o seu sucessor Belivaldo Chagas sobre questões administrativas e políticas. Foi a primeira vez que JB retornou ao palácio depois que deixou o governo.  

 

O que falar

O deputado federal André Moura (PSC) colocou como imagem principal do seu twitter uma foto abraçado com o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), onde os dois estão sorridentes. A imagem mostra ainda um gráfico destacando que Aracaju é a primeira capital com aumento de investimento, o correspondente a um crescimento de 231,7%.

 

Forró Caju 1

Ontem Edvaldo, ao lado de André, lançou a programação do Forró Caju 2018. Na oportunidade, o prefeito fez questão de ressaltar que os recursos para a festa, na ordem de R$ 4 milhões, foram obtidos através do trabalho de Moura junto ao Ministério da Cultura.

 

Forró Caju 2

 "Se não houvesse a articulação dele, a festa não aconteceria. Se dependesse exclusivamente dos recursos da PMA não teríamos como realizar a festa. Sem a ajuda do Governo Federal, vindos por André, não retomaríamos o Forró Caju com a força e a estrutura a ser realizada. A ajuda dele é muito importante", chegou a declarar o prefeito.

 

Pesquisa para o Planalto 1

Lideranças do PT de Sergipe comemoram pesquisa Datafolha do último domingo, já realizada quando o ex-presidente Lula estava preso, em que mostra o líder petista liderando a pesquisa para o Planalto com o dobro de vantagem para o segundo colocado. Disse o vice-presidente nacional do PT, Márcio Macedo: "Lula liderar as pesquisas é o desespero das elites".

 

Lula candidato 1

Ressalta ainda Márcio, que coordenou a caravana de Lula pelo Brasil,  esteve ao seu lado quando da decretação da sua prisão pelo juiz Sérgio Moro, nos atos realizados até o momento que se entregou a polícia e está sempre em Curitiba acompanhando as manifestações: "Para que não existam dúvidas Lula continua sendo nosso candidato a presidente".

 

Lula candidato 2

Declarou o presidente estadual do PT, Rogério Carvalho, sobre a pesquisa: "O povo quer Lula presidente do Brasil".

 

Lula candidato 3

O PT continua realizando manifestações em Sergipe com a bandeira Lula Livre. Na sexta-feira à tarde teve manifestação na Praça General Valadão, no centro de Aracaju, e no sábado ocorreu uma carreata com saída do Conjunto Augusto Franco. A carreata, organizada pelo Diretório Estadual do PT, encerrou com uma feijoada na sede do partido.

 

Velho Chico

A Comissão Externa da Transposição do Rio São Francisco realizou ontem o seminário "Transposição e Revitalização do Rio São Francisco no Ceará". Na oportunidade, foram discutidas as obras que serão integradas à transposição, como o projeto de construção de canais, denominado "Cinturão das Águas", e algumas ações de saneamento.

 

Veja essa ...

De um parlamentar aliado do ex-governador Jackson Barreto (MDB): "O ex-prefeito Sukita (PTC-Capela) sempre teve liderança na sua região por combater o grupo de Eduardo Amorim e André Moura. Muitos viam nele a pessoa que representava oposição a esse grupo. Agora ele trai Jackson e se alia a quem sempre combateu. A população já começou a reagir com indignação ontem nas rádios a sua declaração de apoio a Eduardo e André. O seu peso político será pequeno para levar para a oposição, já que também estará do mesmo lado do seu maior adversário político em Capela, o ex-prefeito Ezequiel".

 

Curtas

O governador Belivaldo Chagas (PSD) mudou a rotina do Palácio de Despachos. Diferente do ex-governador Jackson Barreto, que só despachava no Veraneio, Belivaldo só despacha no Despacho e não sai antes das 21h, já tendo dias que deixou o palácio às 21h.

 

Belivaldo não deixa o Palácio de Despachos sem atender todo mundo, mesmo os que não foram agendados.  

 

Ontem, em Tobias Barreto, o deputado federal Fábio Reis entregou, ao lado do prefeito Diógenes Almeida, novos equipamentos para fortalecer a rede de saúde, adquiridos por meio de emenda parlamentar destinada à prefeitura. Entre os itens entregues veículos, gabinetes odontológicos e tablets.

 

Após a solenidade, Fábio Reis visitou obras que estão sendo realizadas com os recursos que destinou ao município. Entre elas, a construção de praças nos povoados Monte Coelhos e Borda da Mata.

 

A senadora Maria do Carmo (DEM) revelou a sua tristeza com a notícia da morte de Zé Guimarães, seu cunhado, ocorrida no final de semana. Em nota, a senadora manifestou o seu desejo que "Deus possa confortar nossa família neste momento de dor, ampliando nossa fé e recebendo em sua Glória esse nosso ente muito querido".