Repasses para o Cirurgia serão fiscalizados

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 17/04/2018 às 23:34:00

 

Diante de denúncias apresentadas por vereadores da capital sergipana acerca de supostas irregularidades nos contratos e na folha de pagamento do Hospital Cirurgia, o conselheiro Luiz Augusto Ribeiro, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), informou nesta terça-feira, que vai autorizar a realização de uma auditoria especial na unidade. 
Membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, os vereadores estiveram na reunião do Fórum Permanente de Combate à Corrupção de Sergipe (Focco/SE), ocorrida no TCE, da qual participou o conselheiro relator dos processos da área de controle da qual fazem parte os órgãos da Saúde no Estado e na capital.
"Como conselheiro da área, avisei na reunião que vou autorizar esta_MG_8002.JPGauditoria especial para que o Tribunal possa realmente ter um panorama da situação desses contratos. E, no final, vamos enviar o resultado do relatório para a CPI da Saúde, instalada na Câmara de Vereadores", disse o conselheiro Luiz Augusto Ribeiro

Diante de denúncias apresentadas por vereadores da capital sergipana acerca de supostas irregularidades nos contratos e na folha de pagamento do Hospital Cirurgia, o conselheiro Luiz Augusto Ribeiro, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), informou nesta terça-feira, que vai autorizar a realização de uma auditoria especial na unidade. 
Membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, os vereadores estiveram na reunião do Fórum Permanente de Combate à Corrupção de Sergipe (Focco/SE), ocorrida no TCE, da qual participou o conselheiro relator dos processos da área de controle da qual fazem parte os órgãos da Saúde no Estado e na capital.
"Como conselheiro da área, avisei na reunião que vou autorizar esta_MG_8002.JPGauditoria especial para que o Tribunal possa realmente ter um panorama da situação desses contratos. E, no final, vamos enviar o resultado do relatório para a CPI da Saúde, instalada na Câmara de Vereadores", disse o conselheiro Luiz Augusto Ribeiro