Documento do PT Classista afirma apoio às pré-candidaturas de Belivaldo e Gualberto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/04/2018 às 05:28:00

 

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa, usou a tribuna ontem para expor um documento extraído após reunião do seu agrupamento político realizada na semana passada. Dentre vários pontos, o documento reafirma posição contrária à prisão do ex-presidente Lula, assim como o apoio à pré-candidatura de Belivaldo Chagas (PSD) ao governo de Sergipe, e também à pré-candidatura a reeleição de Francisco Gualberto agora em 2018.
"A sociedade sergipana e quem é da política, principalmente, sabem que o Partido dos Trabalhadores tem no seu estatuto a previsão de organização de tendências internas. São grupos de militantes que defendem teses em algumas questões diferenciadas, mas esse contexto compõe exatamente o caldo de democracia interna e de posições do PT", explica Gualberto, coordenador da tendência PT Classista.

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa, usou a tribuna ontem para expor um documento extraído após reunião do seu agrupamento político realizada na semana passada. Dentre vários pontos, o documento reafirma posição contrária à prisão do ex-presidente Lula, assim como o apoio à pré-candidatura de Belivaldo Chagas (PSD) ao governo de Sergipe, e também à pré-candidatura a reeleição de Francisco Gualberto agora em 2018.
"A sociedade sergipana e quem é da política, principalmente, sabem que o Partido dos Trabalhadores tem no seu estatuto a previsão de organização de tendências internas. São grupos de militantes que defendem teses em algumas questões diferenciadas, mas esse contexto compõe exatamente o caldo de democracia interna e de posições do PT", explica Gualberto, coordenador da tendência PT Classista.