Governador entrega abastecimento de água no Baixo São Francisco

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
SISTEMAS SIMPLIFICADOS FORAM INAUGURADOS EM DOIS POVOADOS
SISTEMAS SIMPLIFICADOS FORAM INAUGURADOS EM DOIS POVOADOS

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 01/05/2018 às 05:45:00

 

O governador Beli
valdo Chagas ini
ciou a semana levando importantes conquistas para a população dos municípios de Ilha das Flores, Santana de São Francisco e Neópolis. Nesta segunda-feira (30), o governador entregou sistemas simplificados de abastecimento nos povoados Aroeira e Brejo da Conceição, beneficiando 942 pessoas com água de qualidade e entregou um Posto de Identificação em Neópolis.
A primeira parada foi no povoado Aroeira, em Ilhas das Flores. Lá, o governo do Estado beneficia 70 famílias, cerca de 420 pessoas, num investimento de R$ 109.805,00, com a entrega do sistema de abastecimento simplificado.
Para a moradora do povoado Aroeira, Angela Maria Nicolau de Souza, a ação representa mais qualidade de vida para a região. "Como a gente mora muito distante do rio, isso vai ajudar bastante. Essa entrega hoje é uma bênção! Hoje é dia de feira, mas antes de ir, fiz questão de presenciar a vinda do governador aqui e essa novidade para todos aqui do povoado. Estou muito feliz!"
"Esse é o tipo de obra que nos alegra porque é obra de alcance social. Você vê no semblante das pessoas a satisfação com água de qualidade.  Quando você sente a falta de água é que se percebe a importância desse investimento. Água boa que serve para tudo e diminui o sofrimento da população, isso é o que a gente quer fazer e continuar ampliando. Na hora que puder ampliar o sistema e por água dentro da própria casa, será melhor ainda. A vazão desse poço foi de 6.500 litros de água por hora. Mas nós colocamos aqui duas caixas, cada uma com dez mil litros de capacidade. Nós estamos apenas cumprindo nossa obrigação", afirmou Belivado Chagas.
Em Sergipe, o Programa Água para Todos é fruto do convênio entre governo do Estado e o Ministério da Integração Nacional (MIN), que é executado pela Companhia de Desenvolvimento de recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro).
"Mais uma vez, temos a satisfação de integrar um sistema que atenderá no povoado Arueiras, a 420 pessoas, são 70 famílias que serão atendidas, e isso para gente é motivo de muita satisfação e alegria. Vamos dar continuidade a esse trabalho, pois o programa água em Sergipe acaba agora a primeira etapa, no começo de junho começaremos a segunda etapa, mais 65 sistemas que implantaremos no nosso estado", disse o presidente da Cohidro, João Kleber.
O 'Água para Todos' disponibiliza água naqueles povoados onde a Deso ou as SAAEs não podem chegar. O programa também atende àquelas localidades que ainda possuem o agravante da condição socioeconômica, que impede que os moradores assumam os custos para conduzir a instalação de um poço por conta própria, fator que foi devidamente recenseado lá no início do projeto. Nesta primeira fase do programa, são 37 localidades rurais distribuídas em 18 municípios sergipanos, atendendo mais de 6.300 pessoas a partir de um investimento de mais de R$ 4,3 milhões. Na segunda fase, já autorizada pelo Ministério da Integração, serão outros 67 sistemas de abastecimento.
Santana de São Francisco - Em Santana do São Francisco, no povoado Brejo da Conceição, serão atendidas 82 famílias (522 pessoas); num investimento de R$ 137.543,00.
Na 1ª fase do programa, já foram atendidos 6.339 pessoas em 37 povoações rurais. Foram investidos, na perfuração de 40 poços, R$ 1.349.613,10 , e na instalação de 36 sistemas simplificados de abastecimento de água, R$ 3.001.568,06.

O governador Beli valdo Chagas ini ciou a semana levando importantes conquistas para a população dos municípios de Ilha das Flores, Santana de São Francisco e Neópolis. Nesta segunda-feira (30), o governador entregou sistemas simplificados de abastecimento nos povoados Aroeira e Brejo da Conceição, beneficiando 942 pessoas com água de qualidade e entregou um Posto de Identificação em Neópolis.
A primeira parada foi no povoado Aroeira, em Ilhas das Flores. Lá, o governo do Estado beneficia 70 famílias, cerca de 420 pessoas, num investimento de R$ 109.805,00, com a entrega do sistema de abastecimento simplificado.
Para a moradora do povoado Aroeira, Angela Maria Nicolau de Souza, a ação representa mais qualidade de vida para a região. "Como a gente mora muito distante do rio, isso vai ajudar bastante. Essa entrega hoje é uma bênção! Hoje é dia de feira, mas antes de ir, fiz questão de presenciar a vinda do governador aqui e essa novidade para todos aqui do povoado. Estou muito feliz!"
"Esse é o tipo de obra que nos alegra porque é obra de alcance social. Você vê no semblante das pessoas a satisfação com água de qualidade.  Quando você sente a falta de água é que se percebe a importância desse investimento. Água boa que serve para tudo e diminui o sofrimento da população, isso é o que a gente quer fazer e continuar ampliando. Na hora que puder ampliar o sistema e por água dentro da própria casa, será melhor ainda. A vazão desse poço foi de 6.500 litros de água por hora. Mas nós colocamos aqui duas caixas, cada uma com dez mil litros de capacidade. Nós estamos apenas cumprindo nossa obrigação", afirmou Belivado Chagas.
Em Sergipe, o Programa Água para Todos é fruto do convênio entre governo do Estado e o Ministério da Integração Nacional (MIN), que é executado pela Companhia de Desenvolvimento de recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro).
"Mais uma vez, temos a satisfação de integrar um sistema que atenderá no povoado Arueiras, a 420 pessoas, são 70 famílias que serão atendidas, e isso para gente é motivo de muita satisfação e alegria. Vamos dar continuidade a esse trabalho, pois o programa água em Sergipe acaba agora a primeira etapa, no começo de junho começaremos a segunda etapa, mais 65 sistemas que implantaremos no nosso estado", disse o presidente da Cohidro, João Kleber.
O 'Água para Todos' disponibiliza água naqueles povoados onde a Deso ou as SAAEs não podem chegar. O programa também atende àquelas localidades que ainda possuem o agravante da condição socioeconômica, que impede que os moradores assumam os custos para conduzir a instalação de um poço por conta própria, fator que foi devidamente recenseado lá no início do projeto. Nesta primeira fase do programa, são 37 localidades rurais distribuídas em 18 municípios sergipanos, atendendo mais de 6.300 pessoas a partir de um investimento de mais de R$ 4,3 milhões. Na segunda fase, já autorizada pelo Ministério da Integração, serão outros 67 sistemas de abastecimento.
Santana de São Francisco - Em Santana do São Francisco, no povoado Brejo da Conceição, serão atendidas 82 famílias (522 pessoas); num investimento de R$ 137.543,00.
Na 1ª fase do programa, já foram atendidos 6.339 pessoas em 37 povoações rurais. Foram investidos, na perfuração de 40 poços, R$ 1.349.613,10 , e na instalação de 36 sistemas simplificados de abastecimento de água, R$ 3.001.568,06.