Inscrições para o Enem começam na próxima segunda-feira

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Os alunos da rede pública não pagam a taxa de inscrição no Enem
Os alunos da rede pública não pagam a taxa de inscrição no Enem

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 04/05/2018 às 05:58:00

 

As inscrições para o Exa-
me Nacional do Ensino 
Médio (Enem) iniciarão nesta segunda-feira, 7, e se estenderão até o dia 18 de maio. As provas estão previstas para serem realizadas no dia 4 de novembro (Linguagem, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias), e dia 11 de novembro (Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias). A grande novidade deste ano é que todos os alunos da rede pública terão garantida a isenção da taxa de inscrição.
De acordo com a coordenadora do Serviço de Ensino Médio da Seed, Joniely Cheyenne, isso acontece porque o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) promoveu algumas mudanças nas regras de isenção e inscrição. "Devido a essas mudanças para essa edição, em caráter excepcional, o Inep abriu essa possibilidade. Por meio de portaria foi encaminhado um ofício com as orientações. Tudo isso para que a gente possa garantir efetivamente a participação dos nossos estudantes da rede pública", explicou.
Ela lembrou ainda que os alunos da rede pública que já solicitaram a isenção terão que fazer a confirmação da inscrição. "É importante dizer que na hora da inscrição, nossos alunos da rede estadual precisam enfatizar que são concludentes do 3º ano de 2018, para que não se encaixem no padrão dos alunos treineiros, aqueles que fazem o Enem por experiência", disse.
Outra novidade é que, até o dia 18 de maio, se o aluno notar que precisa fazer alguma correção em sua inscrição, pode fazer a atualização de dados, como trocar o município de provas, mudar a opção da língua estrangeira, alterar atendimento especializado, entre outras.
Quem solicitar atendimento especializado precisa enviar a cópia de um laudo que comprove o pedido da necessidade, para que tenha garantido o seu atendimento.
Metas e ações - Segundo Joniely Cheyenne, em 2017 a Seed estipulou uma meta de 70% de alunos da rede estadual concludentes do 3º ano participando do Enem, e o índice atingido foi de 71,3%. Para esse ano de 2018, a meta é de 80% de participantes.
O Departamento de Educação, através do Serviço de Ensino Médio, realizará ações junto às Diretorias Regionais de Educação e às escolas, orientando os alunos sobre a inscrição e participação no Enem, a utilização das políticas públicas ligadas a utilização da nota do Enem "Nesse momento vamos focar na questão da garantia da inscrição dos nossos alunos", declarou.

As inscrições para o Exa- me Nacional do Ensino  Médio (Enem) iniciarão nesta segunda-feira, 7, e se estenderão até o dia 18 de maio. As provas estão previstas para serem realizadas no dia 4 de novembro (Linguagem, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias), e dia 11 de novembro (Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias). A grande novidade deste ano é que todos os alunos da rede pública terão garantida a isenção da taxa de inscrição.
De acordo com a coordenadora do Serviço de Ensino Médio da Seed, Joniely Cheyenne, isso acontece porque o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) promoveu algumas mudanças nas regras de isenção e inscrição. "Devido a essas mudanças para essa edição, em caráter excepcional, o Inep abriu essa possibilidade. Por meio de portaria foi encaminhado um ofício com as orientações. Tudo isso para que a gente possa garantir efetivamente a participação dos nossos estudantes da rede pública", explicou.
Ela lembrou ainda que os alunos da rede pública que já solicitaram a isenção terão que fazer a confirmação da inscrição. "É importante dizer que na hora da inscrição, nossos alunos da rede estadual precisam enfatizar que são concludentes do 3º ano de 2018, para que não se encaixem no padrão dos alunos treineiros, aqueles que fazem o Enem por experiência", disse.
Outra novidade é que, até o dia 18 de maio, se o aluno notar que precisa fazer alguma correção em sua inscrição, pode fazer a atualização de dados, como trocar o município de provas, mudar a opção da língua estrangeira, alterar atendimento especializado, entre outras.
Quem solicitar atendimento especializado precisa enviar a cópia de um laudo que comprove o pedido da necessidade, para que tenha garantido o seu atendimento.
Metas e ações - Segundo Joniely Cheyenne, em 2017 a Seed estipulou uma meta de 70% de alunos da rede estadual concludentes do 3º ano participando do Enem, e o índice atingido foi de 71,3%. Para esse ano de 2018, a meta é de 80% de participantes.
O Departamento de Educação, através do Serviço de Ensino Médio, realizará ações junto às Diretorias Regionais de Educação e às escolas, orientando os alunos sobre a inscrição e participação no Enem, a utilização das políticas públicas ligadas a utilização da nota do Enem "Nesse momento vamos focar na questão da garantia da inscrição dos nossos alunos", declarou.