Sergipanos disputam medalha de bronze na Gymnasiade

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Os sergipanos Eduardo Inagaki e André Santos disputam neste sábado, a medalha de bronze do Karatê masculino na Gymnasiade de Marrakesh
Os sergipanos Eduardo Inagaki e André Santos disputam neste sábado, a medalha de bronze do Karatê masculino na Gymnasiade de Marrakesh

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 04/05/2018 às 23:07:00

 

Os sergipanos Eduardo Inagaki e Andre Santos, do Colégio de Ciências Pura e Aplicada - CCPA, estão fazendo bonito na 17ª. Gymnasiade, a Olimpíada Escolar, que acontece na cidade de Marrakesh, no Marrocos. Eles venceram as primeiras lutas desse primeiro dia de competição. Perderam nas semifinais, foram à repescagem e neste sábado 5, vão atrás da medalha de bronze, da competição escolar mais importante do mundo. Eduardo Inagaki enfrenta o representante de Marrocos, o país anfitrião, enquanto André Santos lutará contra o representante dos Estados Unidos.
O Brasil vai muito bem na modalidade. As chances do ouro também são grandes. Dos 15 atletas participantes, 12 disputam medalhas neste sábado, sendo 05 medalhas de ouro e 07 medalhas de bronze.No primeiro dia de competição, o Brasil já garantiu 02 medalhas de bronze.
Um dos técnicos da equipe masculina de karatê, o também sergipano Alexandre Morais, falou sobre a atuação brasileira no primeiro dia do mundial e as expectativas do campeonato:
- Nessa primeira parte do karatê, o Brasil foi super bem, conquistamos 02 bronzes e teremos neste sábado, a chance de conquistar mais 12 medalhas. O saldo é muito positivo, pois conseguimos levar para a disputa de pódio, todas as categorias que estamos disputando. O karatê continua com um nível técnico bastante elevado com grandes potências como França, Marrocos, China, Ucrânia e o Brasil que é o atual campeão da Gymnasiade. Fazendo um balanço geral desse primeiro dia acredito que Marrocos e Brasil serão os dois países a disputar o maior número de medalhas na modalidade", disse Morais.

Os sergipanos Eduardo Inagaki e Andre Santos, do Colégio de Ciências Pura e Aplicada - CCPA, estão fazendo bonito na 17ª. Gymnasiade, a Olimpíada Escolar, que acontece na cidade de Marrakesh, no Marrocos. Eles venceram as primeiras lutas desse primeiro dia de competição. Perderam nas semifinais, foram à repescagem e neste sábado 5, vão atrás da medalha de bronze, da competição escolar mais importante do mundo. Eduardo Inagaki enfrenta o representante de Marrocos, o país anfitrião, enquanto André Santos lutará contra o representante dos Estados Unidos.
O Brasil vai muito bem na modalidade. As chances do ouro também são grandes. Dos 15 atletas participantes, 12 disputam medalhas neste sábado, sendo 05 medalhas de ouro e 07 medalhas de bronze.No primeiro dia de competição, o Brasil já garantiu 02 medalhas de bronze.
Um dos técnicos da equipe masculina de karatê, o também sergipano Alexandre Morais, falou sobre a atuação brasileira no primeiro dia do mundial e as expectativas do campeonato:
- Nessa primeira parte do karatê, o Brasil foi super bem, conquistamos 02 bronzes e teremos neste sábado, a chance de conquistar mais 12 medalhas. O saldo é muito positivo, pois conseguimos levar para a disputa de pódio, todas as categorias que estamos disputando. O karatê continua com um nível técnico bastante elevado com grandes potências como França, Marrocos, China, Ucrânia e o Brasil que é o atual campeão da Gymnasiade. Fazendo um balanço geral desse primeiro dia acredito que Marrocos e Brasil serão os dois países a disputar o maior número de medalhas na modalidade", disse Morais.