Acusado de tráfico é preso com notas falsas em Porto da Folha

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/05/2018 às 04:27:00

Um homem que já foi processado por tráfico de drogas foi preso na noite desta sexta-feira por soldados da 2ª Companhia do 4º Batalhão de Polícia Militar (2ª Cia/4º BPM), em Porto da Folha (Sertão). O alagoano Josezito da Silva, 31 anos, foi flagrado com 266 notas falsificadas, sendo 200 de R$ 20 e 66 de R$ 50. As cédulas foram encontradas em uma bolsa que estava dentro do carro do suspeito. Segundo a PM, a falsificação foi constatada pela repetição do número de série, que era igual em todas as cédulas.
O flagrante aconteceu depois que os policiais da companhia foram chamados para atender a ocorrência de uma briga no Povoado Ilha do Ouro, em Porto da Folha, onde dois homens teriam sido esfaqueados. Os soldados encontraram dois carros suspeitos no local e identificaram os envolvidos. Um deles, apontado como vítima, foi liberado e enviado ao hospital da cidade, onde deu entrada com um corte na altura do abdômen. O outro, Josezito, estava ferido na lombar e, depois de receber atendimento, foi preso em flagrante e levado à sede da Polícia Federal, em Aracaju. As notas falsas também foram encaminhadas para lá e um inquérito será instaurado para apurar como elas foram produzidas e como elas seriam usadas nas ruas.  
A PM apurou que o alagoano e o outro envolvido estavam armados com as facas e feriram um ao outro durante a briga, que teria começado em uma cidade próxima a Porto da Folha. Confirmou-se ainda, segundo a PM, que Josezito já cumpriu uma pena de cinco anos de prisão por processo por tráfico internacional de drogas, pois foi flagrado com uma carga de maconha na fronteira do Paraguai com o Brasil. Em liberdade condicional há cinco meses, ele também foi processado anteriormente por roubo de carros por encomenda e por violência doméstica.

Soledade - Ainda nesta sexta-feira, policiais civis do Departamento de Narcóticos (Denarc) checaram informações de uma denúncia anônima e prenderam em flagrante João Cupertino dos Santos Neto, 25 anos. A prisão aconteceu em frente à residência dele, no Bairro Soledade (zona norte da capital). Segundo o Disque Denúncia, Cupertino promovia o comércio ilícito de drogas em sua moradia. Ao ser abordado na rua pelos policiais, ele chegou a dizer que residia em outro endereço, mas os investigadores descobriram o contrario.
Na casa do acusado, houve a apreensão de dois quilos de maconha, 23 trouxas da mesma droga, cerca de 100 gramas de cocaína, a balança usada para pesar a droga, um caderno com contabilidade do tráfico, um pote de substância utilizada para manipular a cocaína, rolo usado para embalar a droga e cédulas de dinheiro de pequeno valor. Cupertino foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e foi apresentado neste sábado para audiência de custódia no Fórum Gumercindo Bessa.

Casal assassinado - A polícia de Itaporanga D'Ajuda (Sul) investiga o assassinato de um casal que morava no povoado Araticum, zona rural do município. Maria Senhora Neta e José Augusto de Jesus Santos, ambos com 31 anos, foram mortos a tiros por um grupo de seis homens armados. Segundo testemunhas, eles chegaram ao povoado em um carro VW Voyage de cor prata e placa não identificada, tendo parado diante da casa das vítimas. Os criminosos fugiram e ainda levaram os telefones celulares das testemunhas que estavam perto do local do crime. A polícia ainda não tem pista dos matadores.