Agrese conclui ato de assinatura de termo de autorização para consórcio BR-235

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/05/2018 às 05:34:00

 

Na sala de reuniões da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese) na última terça-feira (08), foi realizado o ato de assinatura do Termo de Autorização para o Consórcio composto pelas empresas, Sanpac Tecnologia Ambiental Ltda, P4 Concessões e Consultoria Eireli - EPP - (P4) e Kappex Assessoria e Participação Eireli,  a realizarem no prazo de até noventa dias, uma apresentação dos estudos a que se refere o Edital de Chamamento 03/2018, destinado a elaboração de estudos de viabilidade para concessão da rodovia BR-235.
O Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), que tem como objeto a elaboração de estudos que demonstrem a viabilidade técnica e econômico-financeira para subsidiar a concessão da BR-235, no trecho rodoviário delegado ao Estado de Sergipe, pela União situado, entre a saída de Aracaju e o povoado Terra Dura, no município de Itabaiana, aproximadamente 54 quilômetros de extensão.
  
O consórcio deverá encaminhar a demonstração de gastos, que consiste no detalhamento do valor despendido para a realização dos estudos, levantamentos e propostas objeto deste PMI.
 "Caso os estudos apresentados necessitem de retificações, será aberto prazo para sua reapresentação. A autorizada deverá efetuar apresentações de resultados parciais de acordo com o calendário estabelecido pelo Grupo Especial de Trabalhos e previamente comunicado, no local indicado pelo Grupo", enfatiza a diretora da câmara técnica de saneamento da Agrese, Ana Carolina Nadalini.
 O Extrato do presente Termo de Autorização será publicado no Diário Oficial da União (DOU) e no Diário Oficial do Estado de Sergipe (DO/SE). Após a apresentação e assinatura, foi realizada uma visita técnica com os membros do referido consórcio e da comissão da Agrese, ao local objeto dos estudos.

Na sala de reuniões da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese) na última terça-feira (08), foi realizado o ato de assinatura do Termo de Autorização para o Consórcio composto pelas empresas, Sanpac Tecnologia Ambiental Ltda, P4 Concessões e Consultoria Eireli - EPP - (P4) e Kappex Assessoria e Participação Eireli,  a realizarem no prazo de até noventa dias, uma apresentação dos estudos a que se refere o Edital de Chamamento 03/2018, destinado a elaboração de estudos de viabilidade para concessão da rodovia BR-235.
O Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), que tem como objeto a elaboração de estudos que demonstrem a viabilidade técnica e econômico-financeira para subsidiar a concessão da BR-235, no trecho rodoviário delegado ao Estado de Sergipe, pela União situado, entre a saída de Aracaju e o povoado Terra Dura, no município de Itabaiana, aproximadamente 54 quilômetros de extensão.  O consórcio deverá encaminhar a demonstração de gastos, que consiste no detalhamento do valor despendido para a realização dos estudos, levantamentos e propostas objeto deste PMI.
 "Caso os estudos apresentados necessitem de retificações, será aberto prazo para sua reapresentação. A autorizada deverá efetuar apresentações de resultados parciais de acordo com o calendário estabelecido pelo Grupo Especial de Trabalhos e previamente comunicado, no local indicado pelo Grupo", enfatiza a diretora da câmara técnica de saneamento da Agrese, Ana Carolina Nadalini.
 O Extrato do presente Termo de Autorização será publicado no Diário Oficial da União (DOU) e no Diário Oficial do Estado de Sergipe (DO/SE). Após a apresentação e assinatura, foi realizada uma visita técnica com os membros do referido consórcio e da comissão da Agrese, ao local objeto dos estudos.