Prêmio ODS Brasil será lançado hoje em Aracaju

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/05/2018 às 05:36:00

 

Acontece nesta quarta-feira (9) no Auditório do Museu da Gente Sergipana, em Aracaju (SE), o seminário de lançamento do Prêmio ODS Brasil. O evento será realizado de 10 às 12h00. A premiação é uma iniciativa da Secretaria de Governo da Presidência da República por meio da Secretaria Nacional de Articulação Social (SNAS/SEGOV), e tem por objetivo incentivar, valorizar e dar visibilidade a práticas que  contribuam para o alcance das metas da Agenda 2030 em todo o território nacional. Aracaju é a segunda capital a sediar o seminário de lançamento. O primeiro aconteceu na última sexta-feira (04), em Brasília. Em maio e junho representantes da SNAS/SEGOV vão participar dos seminários que vão acontecer em toadas as capitais brasileiras.   
Instituído pelo Decreto Presidencial nº 9.295, de 28 de fevereiro de 2018, a premiação será concedida bienalmente, até 2030. A intenção do Governo Federal é reconhecer projetos, programas, tecnologias ou outras iniciativas estruturadas que promovam soluções que contemplem os aspectos sociais, ambientais e econômicos - essenciais para inspirar e engajar pessoas e instituições, e multiplicar soluções sustentáveis.
De acordo com o secretário nacional de Articulação Social e secretário executivo da Comissão Nacional para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (CNODS), Henrique Villa destacou que uma das finalidades do mesmo é servir de insumo para a criação de um banco de boas práticas para a disseminação da Agenda 2030 e mobilização dos diversos segmentos da sociedade civil e de governos para o apoio à Agenda 2030 Brasil.
Prêmio ODS Brasil -  O Prêmio é dividido em quatro categorias:
Governos - Práticas desenvolvidas pela administração direta ou indireta dos estados, Distrito Federal e municípios.
Organizações com Fins Lucrativos - Práticas desenvolvidas por setor produtivo e outras organizações da sociedade, com fins lucrativos.
Organizações sem Fins Lucrativos - Práticas desenvolvidas por organizações da sociedade, sem fins lucrativos.
Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão - Práticas desenvolvidas por instituições de ensino, pesquisa e extensão públicas e privadas.
 
Inscrições - As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas, exclusivamente, por meio eletrônico, pelo preenchimento dos formulários disponibilizados no portal www.odsbrasil.gov.br, devendo observar as orientações constantes no Regulamento do Prêmio, detalhadas no Guia de Apresentação da Prática, disponibilizados no mesmo endereço eletrônico. As práticas poderão ser inscritas no período de 07 de maio de 2018, até às 24 horas do dia 29 de junho de 2018, observado o horário de Brasília/DF.  Cada entidade poderá inscrever até três práticas da sua categoria, devendo cada prática ser inscrita separadamente.  As práticas inscritas devem ter, pelo menos, um ano de existência na data da inscrição e possuir resultados mensurados.

Acontece nesta quarta-feira (9) no Auditório do Museu da Gente Sergipana, em Aracaju (SE), o seminário de lançamento do Prêmio ODS Brasil. O evento será realizado de 10 às 12h00. A premiação é uma iniciativa da Secretaria de Governo da Presidência da República por meio da Secretaria Nacional de Articulação Social (SNAS/SEGOV), e tem por objetivo incentivar, valorizar e dar visibilidade a práticas que  contribuam para o alcance das metas da Agenda 2030 em todo o território nacional. Aracaju é a segunda capital a sediar o seminário de lançamento. O primeiro aconteceu na última sexta-feira (04), em Brasília. Em maio e junho representantes da SNAS/SEGOV vão participar dos seminários que vão acontecer em toadas as capitais brasileiras.   
Instituído pelo Decreto Presidencial nº 9.295, de 28 de fevereiro de 2018, a premiação será concedida bienalmente, até 2030. A intenção do Governo Federal é reconhecer projetos, programas, tecnologias ou outras iniciativas estruturadas que promovam soluções que contemplem os aspectos sociais, ambientais e econômicos - essenciais para inspirar e engajar pessoas e instituições, e multiplicar soluções sustentáveis.
De acordo com o secretário nacional de Articulação Social e secretário executivo da Comissão Nacional para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (CNODS), Henrique Villa destacou que uma das finalidades do mesmo é servir de insumo para a criação de um banco de boas práticas para a disseminação da Agenda 2030 e mobilização dos diversos segmentos da sociedade civil e de governos para o apoio à Agenda 2030 Brasil.
Prêmio ODS Brasil -  O Prêmio é dividido em quatro categorias:Governos - Práticas desenvolvidas pela administração direta ou indireta dos estados, Distrito Federal e municípios.
Organizações com Fins Lucrativos - Práticas desenvolvidas por setor produtivo e outras organizações da sociedade, com fins lucrativos.
Organizações sem Fins Lucrativos - Práticas desenvolvidas por organizações da sociedade, sem fins lucrativos.
Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão - Práticas desenvolvidas por instituições de ensino, pesquisa e extensão públicas e privadas. Inscrições - As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas, exclusivamente, por meio eletrônico, pelo preenchimento dos formulários disponibilizados no portal www.odsbrasil.gov.br, devendo observar as orientações constantes no Regulamento do Prêmio, detalhadas no Guia de Apresentação da Prática, disponibilizados no mesmo endereço eletrônico. As práticas poderão ser inscritas no período de 07 de maio de 2018, até às 24 horas do dia 29 de junho de 2018, observado o horário de Brasília/DF.  Cada entidade poderá inscrever até três práticas da sua categoria, devendo cada prática ser inscrita separadamente.  As práticas inscritas devem ter, pelo menos, um ano de existência na data da inscrição e possuir resultados mensurados.