Polícia identifica autor de roubos de motos em Areia Branca e Estância

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/05/2018 às 05:40:00

 

Uma investigação de policiais civis da Delegacia de Areia Branca, com apoio da Delegacia Regional de Estância, identificou um dos suspeitos de roubar motocicletas nesses dois municípios sergipanos. Fabrício Cosme Freire Silva, 19 anos, é ex-presidiário e foi reconhecido tanto pelas vítimas das cidades de Areia Branca quanto de Estância.
Fabrício foi liberado do sistema prisional, onde estava custodiado pelo crime de tráfico, no dia 19 de abril deste ano, e já no dia 22 de abril realizou um assalto a um trabalhador de Santa Luzia do Itanhy nas imediações do conjunto Albano Franco, em Estância. A informação é que a vítima reduziu a velocidade de sua motocicleta ao passar por um quebra-molas e nesse momento, Fabrício e seu comparsa ainda não identificado, se aproximou e anunciou o assalto.
Em depoimento, o condutor e o garupa da motocicleta, relata que Fabrício estava com uma escopeta caseira e o comparsa com um revólver. Antes de roubarem a motocicleta e os celulares das vítimas, Fabrício deu um tiro para cima com o intuito de evitar reação.Demonstrando serem bastante perigosos, a dupla saiu de Estância e foi até a zona rural da cidade de Areia Branca para praticar um novo roubo. Dessa vez, o crime aconteceu por volta das 21h do dia 28 de abril contra um trabalhador de uma cerâmica. "Para cometer esse crime aqui na cidade, eles usaram a moto roubada em Estância e, como o modelo de lá era de 2005, resolveram abandoná-la e ficar apenas com a motocicleta modelo 2016 que acabaram roubar", disse o delegado de Areia Branca, Cleones Santos.
Após o roubo em Areia Branca, a dupla voltou para Estância, onde acabou se envolvendo em um acidente de trânsito. A Guarda Municipal da cidade foi acionada, pois tinha informação de que um dos ocupantes da motocicleta estava ferido e que saiu do local com uma arma de fogo em punho. Rondas foram feitas nas imediações, mas os criminosos não foram localizados e motocicleta levada à Delegacia de Estância.
Consultando a situação do veículo, os policiais civis de Estância verificaram que uma das  motocicletas havia sido roubada em Areia Branca. A vítima foi convidada a prestar depoimento e ao ser colocada diante de algumas fotos reconheceu Fabrício. De igual forma, os policiais civis de Areia Branca ligaram para a vítima de Estância e na delegacia foi colocada diante várias fotos e de pronto reconheceu Fabrício. As motocicletas foram devolvidas aos legítimos proprietários e um mandado de prisão do suspeito foi requerido pela Delegacia de Areia Branca.
Informações e denúncias sobre Fabrício podem ser repassadas por meio do Disque Denúncia (181). A ligação será mantida em sigilo. (da SSP)

Uma investigação de policiais civis da Delegacia de Areia Branca, com apoio da Delegacia Regional de Estância, identificou um dos suspeitos de roubar motocicletas nesses dois municípios sergipanos. Fabrício Cosme Freire Silva, 19 anos, é ex-presidiário e foi reconhecido tanto pelas vítimas das cidades de Areia Branca quanto de Estância.
Fabrício foi liberado do sistema prisional, onde estava custodiado pelo crime de tráfico, no dia 19 de abril deste ano, e já no dia 22 de abril realizou um assalto a um trabalhador de Santa Luzia do Itanhy nas imediações do conjunto Albano Franco, em Estância. A informação é que a vítima reduziu a velocidade de sua motocicleta ao passar por um quebra-molas e nesse momento, Fabrício e seu comparsa ainda não identificado, se aproximou e anunciou o assalto.
Em depoimento, o condutor e o garupa da motocicleta, relata que Fabrício estava com uma escopeta caseira e o comparsa com um revólver. Antes de roubarem a motocicleta e os celulares das vítimas, Fabrício deu um tiro para cima com o intuito de evitar reação.Demonstrando serem bastante perigosos, a dupla saiu de Estância e foi até a zona rural da cidade de Areia Branca para praticar um novo roubo. Dessa vez, o crime aconteceu por volta das 21h do dia 28 de abril contra um trabalhador de uma cerâmica. "Para cometer esse crime aqui na cidade, eles usaram a moto roubada em Estância e, como o modelo de lá era de 2005, resolveram abandoná-la e ficar apenas com a motocicleta modelo 2016 que acabaram roubar", disse o delegado de Areia Branca, Cleones Santos.
Após o roubo em Areia Branca, a dupla voltou para Estância, onde acabou se envolvendo em um acidente de trânsito. A Guarda Municipal da cidade foi acionada, pois tinha informação de que um dos ocupantes da motocicleta estava ferido e que saiu do local com uma arma de fogo em punho. Rondas foram feitas nas imediações, mas os criminosos não foram localizados e motocicleta levada à Delegacia de Estância.
Consultando a situação do veículo, os policiais civis de Estância verificaram que uma das  motocicletas havia sido roubada em Areia Branca. A vítima foi convidada a prestar depoimento e ao ser colocada diante de algumas fotos reconheceu Fabrício. De igual forma, os policiais civis de Areia Branca ligaram para a vítima de Estância e na delegacia foi colocada diante várias fotos e de pronto reconheceu Fabrício. As motocicletas foram devolvidas aos legítimos proprietários e um mandado de prisão do suspeito foi requerido pela Delegacia de Areia Branca.
Informações e denúncias sobre Fabrício podem ser repassadas por meio do Disque Denúncia (181). A ligação será mantida em sigilo. (da SSP)