Concurso avalia a qualidade do pão francês em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/05/2018 às 05:01:00

 

O projeto Indústria Transformadora de Farinha de Trigo, promovido através de parceria entre o Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Estado de Sergipe (Sindipan-SE), Moinho Motrisa, Sebrae, realiza a 4ª edição da campanha que elege o melhor pão francês do estado, desta vez com uma metodologia de avaliação diferenciada, porém preservando o mesmo objetivo, o de melhorar a qualidade do alimento mais querido da mesa dos brasileiros.
As avaliações iniciaram na última segunda-feira, 07, e encerraram no dia 11 deste mês, com a participação de aproximadamente 450 panificadoras da Grande Aracaju e também do município de Estância. Durante estes 5 dias a equipe de gastronomia da Universidade Tiradentes, junto com o Moinho Motrisa, responsáveis pela avaliação, percorreram os estabelecimentos e, em vez de receberem as amostras, como foi praxe em competições anteriores, recolheram no local o pão que foi avaliado. 
Para o analista técnico do Sebrae, Thiago Oliveira, que também é gestor do projeto, tal mudança no processo de avaliação é de suma importância para garantir a qualidade do pão que é feito para o consumo e não especialmente para o concurso. "A mudança que ocorreu este ano, no processo avaliativo com base nos critérios da ABNT, norma que regulamenta a qualidade do pão francês, visa justamente garantir a credibilidade da campanha, além de contribuir para a oferta de um produto de qualidade", afirma.
O concurso, que também conta com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), foi criado em 2014 e há 4 anos faz parte do calendário do Sindipan, acumulando a cada edição um número maior de padarias inscritas. Para o presidente do sindicato dos panificadores, Antonio Carlos de Araújo, um entusiasta da campanha, "o objetivo dessa campanha é incentivar o panificador a garantir a qualidade desse produto, que é o mais vendido do segmento", explica.
O resultado final da competição será divulgado no dia 8 de julho, data alusiva ao dia do panificador no Brasil. Neste dia não só as padarias vencedoras serão contempladas com medalha e premiação, mas também os padeiros, que põem literalmente a mão na massa para garantirem a presença do pão de cada dia em nossas mesas.

O projeto Indústria Transformadora de Farinha de Trigo, promovido através de parceria entre o Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Estado de Sergipe (Sindipan-SE), Moinho Motrisa, Sebrae, realiza a 4ª edição da campanha que elege o melhor pão francês do estado, desta vez com uma metodologia de avaliação diferenciada, porém preservando o mesmo objetivo, o de melhorar a qualidade do alimento mais querido da mesa dos brasileiros.
As avaliações iniciaram na última segunda-feira, 07, e encerraram no dia 11 deste mês, com a participação de aproximadamente 450 panificadoras da Grande Aracaju e também do município de Estância. Durante estes 5 dias a equipe de gastronomia da Universidade Tiradentes, junto com o Moinho Motrisa, responsáveis pela avaliação, percorreram os estabelecimentos e, em vez de receberem as amostras, como foi praxe em competições anteriores, recolheram no local o pão que foi avaliado. 
Para o analista técnico do Sebrae, Thiago Oliveira, que também é gestor do projeto, tal mudança no processo de avaliação é de suma importância para garantir a qualidade do pão que é feito para o consumo e não especialmente para o concurso. "A mudança que ocorreu este ano, no processo avaliativo com base nos critérios da ABNT, norma que regulamenta a qualidade do pão francês, visa justamente garantir a credibilidade da campanha, além de contribuir para a oferta de um produto de qualidade", afirma.
O concurso, que também conta com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), foi criado em 2014 e há 4 anos faz parte do calendário do Sindipan, acumulando a cada edição um número maior de padarias inscritas. Para o presidente do sindicato dos panificadores, Antonio Carlos de Araújo, um entusiasta da campanha, "o objetivo dessa campanha é incentivar o panificador a garantir a qualidade desse produto, que é o mais vendido do segmento", explica.O resultado final da competição será divulgado no dia 8 de julho, data alusiva ao dia do panificador no Brasil. Neste dia não só as padarias vencedoras serão contempladas com medalha e premiação, mas também os padeiros, que põem literalmente a mão na massa para garantirem a presença do pão de cada dia em nossas mesas.