Privatização da Eletrobras é tema de reunião com arcebispo de Aracaju e sindicalistas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 19/05/2018 às 06:19:00

 

A possível privatização do Sistema Eletrobras e da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) tem trazido preocupação também à Igreja Católica. Na manhã desta sexta-feira, dia 18, o deputado federal João Daniel (PT/SE) esteve reunido, na Cúria Metropolitana, com o arcebispo de Aracaju, Dom João José Costa, a direção do Sindicato dos Eletricitários de Sergipe (Sinergia) e presidência do Conselho Nacional do Laicato do Brasil em Sergipe (Conal/SE), quando trataram sobre o andamento, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei 9.463/2018, que dispõe sobre as regras para a venda do Sistema Eletrobras.
Durante o encontro, o arcebispo demonstrou sua preocupação, como representante da Igreja, sobre como votará a bancada federal de Sergipe, quando a proposta for a plenário, diante do significará para o povo sergipano e brasileiro. "Nós queremos o bem comum de todos e a defesa da justiça e do Brasil", ressaltou Dom João.
Na oportunidade, o deputado João Daniel, que integra a Comissão Especial que analisa esse PL na Câmara, reafirmou seu posicionamento contrário às privatizações e em defesa da soberania nacional. Durante o encontro, ele colocou os participantes a par do andamento dos trabalhos na comissão e disse que, apesar da pressa do governo em entregar as estatais, ainda não há previsão desse projeto entrar na pauta de votação do plenário. O parlamentar ressaltou a importância da preocupação do arcebispo em estar acompanhando os encaminhamentos dessa questão tão fundamental para o Brasil e para Sergipe.
João Daniel ressaltou o compromisso do arcebispo com temas de interesse do povo brasileiro, a exemplo da não aprovação das reformas que atingem diretamente os trabalhadores e agora as privatizações.  "Gostaríamos de parabenizar o arcebispo Dom João, pois todos têm a clareza de que o senhor tem compromisso com esses temas, não só na defesa dos mais pobres, mas também na defesa do Estado brasileiro, aliando a teoria à prática", destacou o deputado.
Além do arcebispo, participaram da reunião o presidente do Sinergia, Sérgio Alves, e os sindicalistas Gilton dos Santos e Paulo César Ferreira, e o presidente do Conal/SE, Paulo Machado.

A possível privatização do Sistema Eletrobras e da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) tem trazido preocupação também à Igreja Católica. Na manhã desta sexta-feira, dia 18, o deputado federal João Daniel (PT/SE) esteve reunido, na Cúria Metropolitana, com o arcebispo de Aracaju, Dom João José Costa, a direção do Sindicato dos Eletricitários de Sergipe (Sinergia) e presidência do Conselho Nacional do Laicato do Brasil em Sergipe (Conal/SE), quando trataram sobre o andamento, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei 9.463/2018, que dispõe sobre as regras para a venda do Sistema Eletrobras.
Durante o encontro, o arcebispo demonstrou sua preocupação, como representante da Igreja, sobre como votará a bancada federal de Sergipe, quando a proposta for a plenário, diante do significará para o povo sergipano e brasileiro. "Nós queremos o bem comum de todos e a defesa da justiça e do Brasil", ressaltou Dom João.
Na oportunidade, o deputado João Daniel, que integra a Comissão Especial que analisa esse PL na Câmara, reafirmou seu posicionamento contrário às privatizações e em defesa da soberania nacional. Durante o encontro, ele colocou os participantes a par do andamento dos trabalhos na comissão e disse que, apesar da pressa do governo em entregar as estatais, ainda não há previsão desse projeto entrar na pauta de votação do plenário. O parlamentar ressaltou a importância da preocupação do arcebispo em estar acompanhando os encaminhamentos dessa questão tão fundamental para o Brasil e para Sergipe.
João Daniel ressaltou o compromisso do arcebispo com temas de interesse do povo brasileiro, a exemplo da não aprovação das reformas que atingem diretamente os trabalhadores e agora as privatizações.  "Gostaríamos de parabenizar o arcebispo Dom João, pois todos têm a clareza de que o senhor tem compromisso com esses temas, não só na defesa dos mais pobres, mas também na defesa do Estado brasileiro, aliando a teoria à prática", destacou o deputado.
Além do arcebispo, participaram da reunião o presidente do Sinergia, Sérgio Alves, e os sindicalistas Gilton dos Santos e Paulo César Ferreira, e o presidente do Conal/SE, Paulo Machado.