Hemose convida população para contribuir com doação

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/10/2012 às 15:28:00

O Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) convida a população geral para contribuir com o serviço de doação de sangue, que por conta do período eleitoral, desde o início desta semana as doações estão reduzidas. A solicitação visa garantir o atendimento transfusional da rede hospitalar.

De acordo com o serviço de Captação de Doadores do Hemose, o número de doadores voluntários que compareceu ao serviço nestes dois dias do mês de outubro, está muito abaixo da média regular. Na segunda-feira, dia 1, foram coletadas 64 bolsas e na terça-feira, 2, a coleta encerrou as 17h, com apenas 58 bolsas coletadas.

Embora o Hemocentro sempre receba o apoio de associações e parceiros que contribuem com a doação de sangue, é necessário ressaltar que serviço também precisa dos doadores voluntários. "É preciso lembrar que nos períodos que antecede feriados prolongados assim como eventos como o da votação que ocorre no próximo domingo, o estoque de sangue, sofre um aumento na demanda", advertiu Fátima Basto, assessora técnica da Captação.

Ela lembrou que a necessidade por mais doações é decorrente do aumento do fluxo de veículos nas rodovias. "A população esta se mobilizando para se deslocar até seus municípios de origem para votar. Agora é importante lembrar que antes de viajar qualquer pessoa em bom estado de saúde pode prestar um gesto de solidariedade com o próximo", ressaltou Fátima.
 
Tipos - Atualmente o Hemose está necessitando de Ab Positivo e de todos os tipos de sangue, A, B, Ab e O, todos de fator Rh negativo. Vale frisar que o sangue O Negativo, por se tratar de sangue doador universal e raro na população brasileira, a necessidade transfusional na rede hospitalar é maior.

Agendamento - As pessoas interessadas em contribuir de alguma forma com o serviço pode entrar em contato com o Serviço Social, de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 17h e aos sábados e feriados de 8h às 12h. Tem ainda os telefones (79)3225-8000 e 3259-3174.