Macaco não olha o rabo

Cultura

 

Macaco não olha o rabo
MBL e ativistas de extrema-direita atacam agências de checagem de informações, divulgam perfis pessoais de jornalistas e usam dados falsos para desqualificar iniciativa do Facebook, destinada ao combate das Fake News em período eleitoral. A campanha tem motivação clara. As agência profissionais de checagem de fatos, contratadas pela plataforma de Zuckerberg, têm o potencial de reduzir o volume de boatos e informação mentirosa, divulgada com fins de manipulação popular em grande escala. A estratégia de Kataguiri e companhia, no entanto, é das mais reveladoras: difundem dados falsos para criticar o combate aos dados falsos. Macaco não olha o rabo.

MBL e ativistas de extrema-direita atacam agências de checagem de informações, divulgam perfis pessoais de jornalistas e usam dados falsos para desqualificar iniciativa do Facebook, destinada ao combate das Fake News em período eleitoral. A campanha tem motivação clara. As agência profissionais de checagem de fatos, contratadas pela plataforma de Zuckerberg, têm o potencial de reduzir o volume de boatos e informação mentirosa, divulgada com fins de manipulação popular em grande escala. A estratégia de Kataguiri e companhia, no entanto, é das mais reveladoras: difundem dados falsos para criticar o combate aos dados falsos. Macaco não olha o rabo.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS