Governador empossa novos presidentes da Sergas e Codise

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Belivaldo discursa durante a posse dos novos diretores da Sergás e da Codise
Belivaldo discursa durante a posse dos novos diretores da Sergás e da Codise

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 22/05/2018 às 05:19:00

 

O governador Belivaldo Chagas deu posse, na manhã desta segunda-feira, aos novos diretores-presidentes da Sergipe Gás S.A (Sergas), Eugênio Dezen, e da Companhia do Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), José Matos Lima Filho. A solenidade ocorreu no auditório da Codise e contou com a presença de secretários de Estado, secretários municipais; o deputado federal Laércio Oliveira, deputado estadual Zezinho Guimarães; o prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana; o superintendente do Sebrae/SE, Emanoel Sobral, empresários e comunidade.
Para o governador Belivaldo Chagas, os novos nomes irão contribuir para a busca de mais empreendimentos e investimentos para o estado. "São dois nomes de competência comprovada. Dois nomes extremamente importantes para a economia de nosso estado e, tenho certeza absoluta, que vão buscar mais empreendimentos e vão avançar a questão do gás em Sergipe. Há uma preocupação no sentido de que a gente possa avançar para levar gás para nossas indústrias, assim como há a necessidade de atrair mais empresas para o estado. Tenho certeza que empenho não vai faltar", disse o governador Belivaldo Chagas. 
Durante a solenidade, Belivaldo fez questão, ainda, de reforçar o empenho do governo para a manutenção da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen). "O governo do Estado tem tido a preocupação de buscar investidores para a Fafen, já que a Petrobras não demonstrou mais interesse de continuar. A Fafen é de extrema importância pela cadeia produtiva que gira em torno dela e temos que fazer de tudo para que ela continue a funcionar no estado", disse. 
Em seu discurso, o novo diretor da Sergas, Eugênio Dezen, destacou o desafio de continuar levando o estado no caminho do desenvolvimento e falou dos novos investimentos em Sergipe. "A energia provinda do petróleo vai ser o grande futuro de Sergipe. Uma nova mudança está por vir com a produção em águas profundas e ultraprofundas e com a entrada da Termoelétrica. Seremos um dos estados com grande potencial de consumo de matéria prima oriunda do petróleo, principalmente o gás", destacou. 
Já o novo presidente da Codise, José Matos Lima Filho, falou sobre a missão de continuar o trabalho desenvolvido por Eugênio Dezen no estímulo aos investimentos e negócios. "A Codise, junto à Sedetec, é a principal fomentadora de desenvolvimento econômico do nosso estado. Tendo como missão não só atrair investimentos que geram empregos, mas tornar os empreendimentos sustentáveis, garantir o emprego duradouro, a estabilidade financeira para as famílias e uma vida digna", pontou. 

O governador Belivaldo Chagas deu posse, na manhã desta segunda-feira, aos novos diretores-presidentes da Sergipe Gás S.A (Sergas), Eugênio Dezen, e da Companhia do Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), José Matos Lima Filho. A solenidade ocorreu no auditório da Codise e contou com a presença de secretários de Estado, secretários municipais; o deputado federal Laércio Oliveira, deputado estadual Zezinho Guimarães; o prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana; o superintendente do Sebrae/SE, Emanoel Sobral, empresários e comunidade.
Para o governador Belivaldo Chagas, os novos nomes irão contribuir para a busca de mais empreendimentos e investimentos para o estado. "São dois nomes de competência comprovada. Dois nomes extremamente importantes para a economia de nosso estado e, tenho certeza absoluta, que vão buscar mais empreendimentos e vão avançar a questão do gás em Sergipe. Há uma preocupação no sentido de que a gente possa avançar para levar gás para nossas indústrias, assim como há a necessidade de atrair mais empresas para o estado. Tenho certeza que empenho não vai faltar", disse o governador Belivaldo Chagas. 
Durante a solenidade, Belivaldo fez questão, ainda, de reforçar o empenho do governo para a manutenção da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen). "O governo do Estado tem tido a preocupação de buscar investidores para a Fafen, já que a Petrobras não demonstrou mais interesse de continuar. A Fafen é de extrema importância pela cadeia produtiva que gira em torno dela e temos que fazer de tudo para que ela continue a funcionar no estado", disse. 
Em seu discurso, o novo diretor da Sergas, Eugênio Dezen, destacou o desafio de continuar levando o estado no caminho do desenvolvimento e falou dos novos investimentos em Sergipe. "A energia provinda do petróleo vai ser o grande futuro de Sergipe. Uma nova mudança está por vir com a produção em águas profundas e ultraprofundas e com a entrada da Termoelétrica. Seremos um dos estados com grande potencial de consumo de matéria prima oriunda do petróleo, principalmente o gás", destacou. 
Já o novo presidente da Codise, José Matos Lima Filho, falou sobre a missão de continuar o trabalho desenvolvido por Eugênio Dezen no estímulo aos investimentos e negócios. "A Codise, junto à Sedetec, é a principal fomentadora de desenvolvimento econômico do nosso estado. Tendo como missão não só atrair investimentos que geram empregos, mas tornar os empreendimentos sustentáveis, garantir o emprego duradouro, a estabilidade financeira para as famílias e uma vida digna", pontou.