Caindo na real

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/10/2012 às 15:36:00

* Rômulo Rodrigues

Como já vinha se delineando, a imbicada, do avião do candidato do DEM está concretizada e a velocidade de cruzeiro dá os contornos reais de um 2° turno, com a consequente subida do candidato da coligação governista.

Cada vez mais fica patente que o candidato de oposição optou por levar a eleição para o plano estadual, ou seja, antecipar a eleição de 2014 e travar uma disputa pessoal com o governador Marcelo Deda. Dor de cotovelo pelas duas derrotas seguidas frente o governador? Talvez.

Fato é que o Dr. João não abandonou seu estilo megalomaníaco de propor coisas irrealizáveis como das outras disputas. Só para refrescar a memória do aracajuano, vamos relembrar as loucuras do Dr. João. Em 2006, federalizou a eleição para governador elegendo como bandeira de luta ser contra as obras de transposição do Rio São Francisco, não empolgou o povo de Sergipe e perdeu a eleição. Em 2010 embalou no discurso serrista da intolerância religiosa e também perdeu, embora obtendo sucesso em Aracaju, surfando na onda do renascimento de algumas velhas bandeiras do integralismo e da extrema direita.
Propostas anteriores como as da refinaria na Barra dos Coqueiros e o complexo turístico da praia do Saco ficaram em 2° plano.

Este ano, João mudou as palavras, mas, recorreu ao surrado estilo de colocar a eleição em outro plano que não corresponde à realidade, com propostas que jamais poderão ser executadas e que tem o único objetivo de ganhar vendendo ilusões para a população.

Não é possível que alguém de boa fá acredite na construção de uma maternidade de 100 leitos no Santa Maria. Um fato é concreto. Naquele bairro não existe uma área disponível para construir um equipamento de tal envergadura. Outra aberração é o traçado para implantar o monstrengo ultrapassado BRT em avenidas da zona norte. Para isto acontecer terá que destruir partes bem habitadas de pelo menos, cinco bairros desta região de Aracaju. E o povo que será desabrigado vai ser mandado de caminhão para Garanhuns em Pernambuco?
O Dr. João parece estar variando das ideias quando se manifesta contrário ao VLT proposto por Valadares Filho. Como ser contrário a um veículo leve sobre trilhos e se comprometer com um ônibus duplo, pesado e espaçoso como o BRT?

Se recorrermos à irreverência do carioca, vamos constatar que ele já batizou o monstrengo de caveirão, pela sua extraordinária capacidade de engarrafar o trânsito e provocar acidentes com vítimas fatais.
Aracaju precisa continuar seguindo em frente, se modernizando, buscando soluções para problemas presentes e futuros sem recaídas para um passado que na maioria das vezes enche o aracajuano de tristeza e vergonha. Propor o retorno de mutirões para exames papanicolau é um atraso sem precedentes no sistema universal de saúde pública.

Mesmo sendo esta uma campanha própria para hipertensos, onde fica claro a falta de sal, a campanha descambou na sua reta final para ataques grosseiros e descabidos ao governador, justo num momento que é exigido grandeza humana de todos os sergipanos. Se considerarmos imperdoáveis comportamentos dos adversários, é de se considerar cruel os daqueles que durante suas caminhadas tiveram do, hoje governador, mais do que a solidariedade; a coragem de colocar em risco sua própria vida, para defendê-los  Que venha o 2° turno para que as asas da liberdade se abram sobre nós e a voz da igualdade seja sempre a nossa voz.

 "Saúde governador, o seu voto estará presente em dezenas de milhares de aracajuanos que farão, domingo, a grande corrente pela sua recuperação. Até breve!"

* Rômulo Rodrigues é militante político